Expedição fotográfica no quintal

NOTA DA REDAÇÃO, atualizada em 9/11/2020:

Em 17 de março, o fotógrafo de natureza João Marcos Rosa iniciou sua quarentena com a família, atendendo ao apelo da OMS e do ministério da saúde para que ficássemos em casa para ajudarmos a impedir que o contágio do coronavírus se espalhasse. Dois dias depois, ele começou a publicar uma espécie de diário fotográfico em seu perfil no Facebook, no qual contou sobre pequenas expedições fotográficas, que experimentou com seu filho, Benjamin, no quintal de casa, o pedaço de natureza ao qual se dedicou neste período, já que não podia viajar.

O texto abaixo foi o primeiro post que ele escreveu. Publicamos mais um: Sorte de Passarinheiro. No total, foram 92 relatos cheios de poesia e ilustrados pelas imagens lindas produzidas por João. Em agosto, as “expedições no quintal de casa” foram transformadas num belo livro publicado pela Editora Vento Leste: Diário de um Outono Particular.
_________________________________

Hoje, à tarde, depois de algumas reuniões virtuais, edições e de sentir um pouco de medo ouvindo as notícias, resolvi caminhar pelo quintal para fotografar. Afinal de contas é uma das coisas que mais gosto de fazer na vida. Chamei meu filho Benjamin que logo calçou suas botas de borracha e me fez companhia.

Como grande conhecedor dos rincões do nosso lote, ele me levou por uma pequena excursão na parte oeste do terreno. Em pouco tempo, encontramos lindas avencas. Com a luz do fim do dia, foi um prato cheio para viajar, entrar naquela cena e tentar esquecer, pelo menos por um momento, essa pandemia pela qual estamos passando.

Fiquei cerca de uma hora deitado no chão, fotografando, sentindo o cheiro da terra e proseando com meu pequeno. Uma terapia neste momento tão tenso e que realmente não tem precedentes na vida de qualquer um de nós.

Decidi que vou fazer pelo menos uma foto por dia. Formar um diário de imagens desse período que não sabemos quando vai acabar. Compartilharei com vocês essa experiência como uma forma de nos sentirmos mais próximos e abraçados. 

*P.S. – Ainda embalados por nossa mini-expedição, resolvemos seguir a trilha até a beira do lago para uma pescaria na boca da noite. Mais um momento para agradecer por estarmos todos bem por aqui. Então, hoje temos duas fotos para compartilhar.

João Marcos Rosa

Formado em jornalismo, o fotógrafo João Marcos Rosa se especializou em registrar temas ligados à vida selvagem e à conservação, trabalhos que o levaram a correr o mundo atrás de boas e fascinantes histórias. Colabora com as revistas National Geographic Brasil, BBC Wildlife, GEO e Terra Mater. Autor dos livros “Harpia” e “Fauna de Carajás”, vive em Nova Lima (MG) e é um dos sócios da agência Nitro Imagens.

Deixe uma resposta