PUBLICIDADE

Dezenas de militares continuam buscas por Wilson na floresta, o cão do resgate das crianças na Amazônia colombiana

Dezenas de militares continuam buscas por Wilson na floresta, o cão do resgate das crianças na Amazônia colombiana

“Estamos unidos para resgatar Wilson da selva e trazê-lo de volta. A Operação Esperança não estará finalizada até o encontrarmos… Nenhum integrante de nossa equipe fica pra trás!”

As mensagens foram divulgadas pelas Fuerzas Militares de Colombia, o Exército da Colômbia, em suas redes sociais. Wilson é um pastor belga que fazia parte do grupo de dez cães que ajudou a encontrar as quatro crianças indígenas resgatadas na Amazônia colombiana, que sobreviveram 40 dias na floresta após a queda de um avião.

Wilson auxiliou na descoberta dos destroços da aeronave e dos corpos dos três adultos que morreram, entre eles, a mãe dos irmãos, a líder indígena da etnia Huitoto, Magdalena Mucutuy. Os cães acharam ainda indícios da sobrevivência das crianças, como uma mamadeira e pegadas.

Todavia, o pastor que já tinha participado de outras missões junto com os militares, acabou se perdendo na floresta de densa vegetação. Ele está desaparecido desde 18 de maio. Mas as crianças relataram que estiveram com Wilson. Ele teria ficado com elas durante algum tempo. Contudo, elas disseram que o animal parecia bastante magro e confuso.

A novidade divulgada hoje pelas Forças Militares Colombianas é que nos últimos dias Wilson foi avistado por duas vezes pelas equipes de resgate. Ele chegou a estar a 15 metros de distância deles, todavia, parece arisco e fugiu. O cão não obedece aos comandos dos cuidadores.

Entre as táticas utilizadas para tentar atrair Wilson estão jogar carne na mata, na área próxima em que ele foi avistado. Também está sendo cogitado levar uma fêmea para o local. Apesar dele ser castrado, ele a conhece.

As quatro crianças, Lesly, a irmã mais velha de 13 anos, considerada uma verdadeira heroína por ter sido a principal responsável por manter a família segura, Soleiny (11), Tien (4) e Cristin, de apenas um ano, continuam sob cuidados num hospital militar em Bogotá.

No domingo, Lesly fez um desenho de Wilson. Ele aparece no meio da mata, ao lado de uma árvore, perto de um riacho e sob um céu ensolarado (leia mais aqui).

Existe uma disputa familiar pela guarda dos irmãos. Os avós pedem que eles sejam os responsáveis por eles e não o pai de duas delas, que alguns parentes relatam ser violento. A justiça colombiana determinará com quem elas ficarão após a alta do hospital.

Dezenas de militares continuam buscas por Wilson na floresta, o cão do resgate das crianças na Amazônia colombiana

O desenho de Wilson feito por Leslie

Fotos: Reprodução Twitter/Fuerzas Militares de Colombia

Comentários
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Notícias Relacionadas
Sobre o autor
PUBLICIDADE
Receba notícias por e-mail

Digite seu endereço eletrônico abaixo para receber notificações das novas publicações do Conexão Planeta.

  • PUBLICIDADE

    Mais lidas

    PUBLICIDADE