PUBLICIDADE

Desafio da Natureza Urbana recebe mais de 1,8 milhão de imagens incríveis, que revelam a vida selvagem nas cidades

Desafio da Natureza Urbana recebe mais de 1,8 milhão de imagens incríveis que revelam a vida selvagem nas cidades

Em apenas quatro dias, mais de 1,8 milhão de fotos, de 57.200 espécies de animais e plantas foram enviadas para o City Nature Challenge, o Desafio da Natureza Urbana, iniciativa internacional realizada há quase duas semanas. São imagens incríveis e inusitadas, como este flagrante acima, de uma doninha com sua presa ainda na boca, enviada por Adam Olsen.

Criado em 2016 como um desafio entre as cidades norte-americanas de São Francisco e Los Angeles, como contei nesta outra reportagem, o projeto se tornou global e a cada ano envolve mais pessoas e países. Nesta edição de 2023, foram cerca de 65 mil participantes, em 450 cidades, incluindo algumas brasileiras.

Este ano a grande campeã do desafio foi La Paz, na Bolívia, com mais de 126 mil observações de fauna e flora.

A “competição”, que visa estimular uma melhor interação entre seres humanos e natureza nos centros urbanos, bem como promover a chamada ciência cidadã, em que cidadãos comuns ajudam pesquisadores no trabalho de proteção e identificação da fauna e da flora do planeta, é promovida pela Academia de Ciências da Califórnia e o Museu de História Natural de Los Angeles.

“Fico sempre muito feliz de ver novas cidades participando do City Nature Challenge”, diz Alison Young, codiretora de Ciência Comunitária da Academia e cofundadora do Desafio. “Este ano, ficamos entusiasmados em receber participantes de Baku, no Azerbaijão, Maputo, em Moçambique, Nairóbi, no Quênia, bem como várias cidades da Índia, Ruanda e Tailândia”.

Dos 1,8 milhão de registros feitos, 2.500 eram de espécies raras, em risco ou ameaçadas de extinção.

Entre os destaques do Desafio da Natureza Urbana 2023 estão uma raia elétrica gigante com albinismo ou leucismo perto da Ilha Socorro, no México, um golfinho jubarte do Indo-Pacífico na costa de Hong Kong, uma espécie criticamente ameaçada de extinção, o buchu, na África do Sul, e um corpulento sapo-com-chifres-do-Pacífico, no Equador.

“Desacelerar e realmente ver quantas espécies diferentes estão ao seu redor, não importa onde você esteja – talvez até mesmo encontrar algo que você não fazia ideia que vivia ao seu redor – ajuda a construir uma apreciação mais profunda do mundo natural”, acredita Alyson.

Abaixo algumas dessas images que foram consideradas como destaque:

Desafio da Natureza Urbana recebe mais de 1,8 milhão de imagens incríveis que revelam a vida selvagem nas cidades

Uma garça-real-de-coroa-amarela
(Foto: Joe Manthey)

Desafio da Natureza Urbana recebe mais de 1,8 milhão de imagens incríveis que revelam a vida selvagem nas cidades

Bolor limoso cor-de-rosa, que mais faz lembrar um algodão doce
(Foto: Ryan Person)

Desafio da Natureza Urbana recebe mais de 1,8 milhão de imagens incríveis que revelam a vida selvagem nas cidades

A raia elétrica branca fotografada no México
(Foto: Hector Hernandez)

O sapo-de-chifres-do-Pacífico
(Foto: Mario Muñoz)

Leia também:
Sem ser vista por quase 100 anos, espécie de magnólia é redescoberta em florestas do Haiti
Considerada extinta há quase 40 anos, planta é redescoberta em Parque Estadual de Cabo Frio, no Rio de Janeiro
Espécie de orquídea considerada extinta há 120 anos é redescoberta
Novo aplicativo de fotos identifica espécies de plantas e animais

Fotos: divulgação City Nature Challenge

Comentários
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Notícias Relacionadas
Sobre o autor
PUBLICIDADE
Receba notícias por e-mail

Digite seu endereço eletrônico abaixo para receber notificações das novas publicações do Conexão Planeta.

  • PUBLICIDADE

    Mais lidas

    PUBLICIDADE