Comercial dos correios da Noruega com papai noel gay “incomoda” vereador paulista, que apresenta moção de repúdio

Comercial dos correios da Noruega com papai noel gay "incomoda" vereador paulista, que apresenta moção de repúdio

Você deve estar fazendo a mesma pergunta que muita gente já fez: por que exatamente a Câmara de Vereadores de Ribeirão Preto, em São Paulo, está incomodada – e gastando tempo e dinheiro público -, com um comercial veiculado na Noruega, a quase 10 mil km de distância do Brasil? É realmente inacreditável, não? Mas é verdade. O vereador André Rodini (Novo) apresentou uma moção de repúdio à peça publicitária e pasmem!, sim, seus colegas aprovaram o pedido.

A propaganda em questão, produzida para os correios da Noruega, foi ao ar no final de novembro e celebra os 50 anos do fim da lei que proibia o casamento homoafetivo no país, que assim como outras nações da Escandinávia, sempre estão na vanguarda na questão dos direitos humanos.

O lindo filme de quase 4 minutos, chamado de “Quando Harry conhece Noel” (uma alusão ao famoso sucesso do cinema “When Harry met Sally”), mostra o amor que vai se intensificando a cada Natal, durante o breve encontro entre um homem e o Papai Noel. No final do comercial, eles trocam um beijo. E logo em seguida, surge a frase: “Em 2022, a Noruega celebra 50 anos em que somos capazes de amar quem quisermos”.

Apesar da belíssima mensagem, que prega o amor sem preconceito, o vereador paulista criticou a propaganda. “Eles poderiam ter utilizado Odin, Thor, qualquer outro mito da religião nórdica. O Papai Noel não, é mais uma representação cristã, ele é uma representação universal. Na cabeça das crianças, ele representa o lúdico… O Papai Noel é uma das poucas lendas universais que prega a meritocracia. Se você respeitar as pessoas, receberá um mimo no final do ano”, afirmou. “O Papai Noel não tem que sair do armário! Ele que tem que descer pela chaminé”.

Além do pedido de moção contra os correios da Noruega, Rodini também quer que uma jornalista do portal G1 e o próprio site sejam notificados por terem publicado matéria sobre o comercial.

Hoje pela manhã, um dos assuntos que estavam em alta no Twitter era justamente “Noruega”. Centenas de internautas indignados com o caso. O Brasil enfrentando alta da inflação, fome, desemprego, desmatamento e pandemia e um político está preocupado com uma propaganda na Escandinávia. Sério mesmo?!


Leia também:
“Não existe pai ‘gay’, existe ser pai!”, diz Thales Bretas, viúvo de Paulo Gustavo, em mensagem linda para o Dia dos Pais
Nova cédula de £50 homenageia matemático, que quebrou código alemão na Segunda Guerra, e foi perseguido por ser gay
Marvel terá jovem Capitão América gay e protetor dos oprimidos para celebrar 80 anos do personagem
Holandeses dão as mãos em apoio aos gays

Foto: reprodução imagem

Suzana Camargo

Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante 6 anos. Entre 2007 e 2011, morou na Suíça, de onde colaborou para publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Depois de dois anos e meio em Londres, vive agora em Washington D.C.

Deixe uma resposta