PUBLICIDADE

Candidato a Patrimônio Natural da Humanidade da Unesco, Lençóis Maranhenses recebe visita de avaliadores

Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses pode se tornar Patrimônio Mundial Natural

Candidato a Patrimônio Natural da Humanidade, Lençóis Maranhenses recebe visita de avaliadores da Unesco

Principal destino turístico do Maranhão e um dos mais visitados do Brasil, o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses foi criado em 1981 e ocupa uma área de 155 mil hectares, dos quais 90 mil são constituídos de dunas livres e lagoas de águas límpidas e cristalinas – ora esverdeadas, ora azuladas.

Localizado entre os municípios de Barreirinhas, Santo Amaro e Primeira Cruz, fica em uma área de transição entre os biomas da Caatinga, Cerrado e Amazônia

Entre as mais famosas atrações do Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses estão o Circuito da Lagoa Azul, Circuito da Lagoa Bonita, Lagoa da Esperança, Canto dos Lençóis, Foz do Rio Negro, Lagoa da Gaivota, Lagoa das Emendadas e Queimada dos Britos.

É um ‘paraíso na Terra’ como, em geral, declara quem visita a unidade de conservação, que pode receber, em breve, o título de Patrimônio Natural da Humanidade da Unesco, órgão da ONU para a Educação, a Ciência e a Cultura. 

A candidatura em 2018

Como contamos aqui, o dossiê de candidatura foi encaminhado pelo governo brasileiro para a Unesco em outubro de 2018, juntamente com outra proposta: do sítio misto de Paraty e Angra dos Reis, no Rio de Janeiro. 

Naquela ocasião, acreditava-se que, se a candidatura do parque nacional fosse aceita, o título seria concedido em 2020. No entanto, veio a pandemia, que desacelerou todas as atividades no mundo, impedindo a viagem dos avaliadores, num cenário político conturbado, com Bolsonaro no poder. 

Além de aparelhar e sucatear órgãos ambientais (exonerou todos que insistiam em cumprir suas funções com eficiência), paralisou atividades e projetos relacionados ao meio ambiente no país e no exterior, vulnerabilizando áreas de proteção ambiental

A tão aguardada visita para avaliação 

Este mês, finalmente, o ICMBio – Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade traz boas notícias sobre a candidatura. Entre 20 e 25 de agosto, o Parque Nacional Lençóis Maranhenses recebeu a visita de avaliadores da União Internacional para Conservação da Natureza (IUCN – International Union for Conservation of Nature).

Avaliadores da IUCN

A avaliação técnica da IUCN faz parte do processo de validação das informações da candidatura – como critérios técnicos da indicação, a integridade da Unidade de Conservacao (UC) e manejo da área – , que subsidiarão a decisão do comitê da Unesco, para a integração do parque ao Patrimônio Natural da Humanidade.

Para tanto, na companhia de representantes do ICMBio, do Ministério do Meio Ambiente e Mudança do Clima (MMA) e do governo do Maranhão, os pesquisadores percorreram lugares estratégicos do parque, como os povoados Betânia, Rancharia e Ponta Verde, localizados no município de Santo Amaro, além do Oásis Baixa Grande e o vilarejo de pescadores de Atins, em Barreirinhas. 

Vilarejo de Barreirinha, com vista para os Lençóis Maranhenses / Foto: divulgação/Flickr Embratur

O processo para decisão

Em cerca de um mês, as informações coletadas durante a expedição serão consolidadas em relatório que será entregue à área técnica da IUCN. Com base nesse documento, o grupo de trabalho elaborará recomendações técnicas que, em dezembro, serão divulgadas juntamente com a decisão sobre a aprovação do relatório da visita.

No início de 2024, o relatório final de avaliação será enviado ao Comitê do Patrimônio Mundial da Unesco – composto por representantes de variadas ONGs mundiais – para avaliação e decisão final.

Como o processo de avaliação e consenso demanda meses, portanto, a decisão de concessão do título deve ocorrer no segundo semestre de 2024. Relaxemos, então, porque o parque tem grandes chances de conquistar o título.

“Paisagem única e especial”

Para ser reconhecido como Patrimônio Natural Mundial, um destino precisa atender a, pelo menos, um dos critérios estabelecidos pela Unesco. 

Para o ICMBio, “Lençóis atende a três deles, relativos a uma área de excepcional beleza natural, detentora de processos geológicos significativos e contendo habitats relevantes e significativos para a conservação da biodiversidade, incluindo espécies ameaçadas e endêmicas, ou seja, que só existem ali e em nenhum outro lugar do planeta”.

Bernardo Issa, coordenador de Áreas Protegidas do Ministério do Meio Ambiente e Mudança do Clima, acrescenta: 

“O Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses possui requisitos, critérios e valores de natureza excepcionais, que atendem justamente a alguns dos itens que a Unesco avalia”. 

E finaliza: “É um parque de paisagem única e especial, além de possuir características geomorfológicas sem-par no planeta”. 

Sua definição corrobora comentários de visitantes de Lencóis: “estar ali é ficar um pouco mais perto do céu”.

Patrimônios Naturais Brasileiros

Oito destinos turísticos brasileiros já receberam o título de Patrimônio Natural da Humanidade, da Unesco. Confira:

________________

Com informações do ICMBio

Fotos: divulgação/Flickr Embratur

Comentários
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Notícias Relacionadas
Sobre o autor
PUBLICIDADE
Receba notícias por e-mail

Digite seu endereço eletrônico abaixo para receber notificações das novas publicações do Conexão Planeta.

  • PUBLICIDADE

    Mais lidas

    PUBLICIDADE