Campo Grande, São Carlos e São José dos Campos estão entre as 120 cidades mais arborizadas do mundo

Em 2019, a Arbor Day Foundation e a FAOOrganização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura lançaram o programa Tree Cities of the World (Cidades-Árvore do Mundo, em tradução livre).

O objetivo dessa parceria é conectar cidades, vilas e aldeias ao redor do mundo em uma nova rede comprometida com o cuidado de suas florestas urbanas – e do planeta, dedicada a adotar as abordagens mais bem-sucedidas para o manejo de árvores.

A inclusão nessa lista só é feita quando a cidade atende a cinco padrões de qualificação e dissemina as melhores práticas, buscando a excelência em silvicultura urbana. Isso representa o primeiro passo para que cada comunidade fortaleça a visão verde a cerca de seu espaço, ajudando a ampliar e a melhorar a qualificação das cidades no mundo.

Três cidades brasileiras

São José dos Campos – Foto: Claudio Vieira, Divulgação/Prefeitura

No primeiro ano, a iniciativa mundial reconheceu o compromisso de 68 cidades de 17 países. O Brasil já estava entre eles com três representantes: Campo Grande (foto acima, de José Sabino), São Carlos e São José dos Campos. E a rede só vem crescendo!

Vista aérea de São Carlos – Foto: Divulgação/Polícia Militar

Para a lista Tree Cities of The World 2020, divulgada em 30 de março último pelas duas instituições, foram selecionadas 120 cidades de 23 países: Argentina, Austrália, Bélgica, Brasil (representado pelas mesmas cidades!), Canadá, Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador, Estados Unidos, Índia, Irlanda, Itália, México, Países Baixos, Nova Zelândia, Peru, Rússia, Slovênia, Uganda, Espanha, Suécia e Reino Unido.

Entre as cidades pioneiras estão Dublin, na Irlanda, Quito, no Equador, e Paris, na França. A lista inclui grandes e pequenas cidades e áreas metropolitanas como São Francisco e Nova York, nos EUA, e Toronto, no Canadá. Ainda aparecem: Guadalajara, no México, Birmingham, no Reino Unido, Hyderabad, na Índia, e Kampala, Uganda.

Veja a lista completa neste link.

Vista aérea de São Francisco, Califórnia/EUA – Foto: Vladimir Kudinov/Unsplash

Futuro mais sustentável e equitativo

“Temos orgulho de dar as boas-vindas a todas as cidades que ganharam a designação de Tree City este ano”, destacou Dan Lambe, presidente da Arbor Day Foundation durante a divulgação da nova lista.

“Todas estão tomando a iniciativa de desenvolver e manter as copas de suas árvores. Os benefícios que as árvores proporcionam às áreas urbanas são imensuráveis ​​e muitas das cidades reconhecidas investiram em suas comunidades para criar um futuro mais sustentável. Nosso objetivo é comemorar e agradecemos a dedicação e o comprometimento com este reconhecimento”.

Vista aérea em Toronto, Canadá – Foto: Matthew Henry/Unsplash

A primeira conferência da Tree Cities foi realizada virtualmente em outubro de 2020: um momento muito importante na promoção dessa rede e dos incríveis esforços das FAO, da Arbor Day Foundation e dos cinco Líderes do Programa Nacional.

“Florestas e árvores urbanas são os elementos-chave do desenvolvimento urbano sustentável, mas, acima de tudo, ajudam as cidades a se tornarem lugares mais verdes, saudáveis ​​e felizes para se viver“, explicou a subdiretora geral da FAO, Maria Helena Semedo.

Pelas ruas de Paris – Foto: Matthieu Oger/Unsplash

“Nós nos unimos à Arbor Day para celebrar os esforços das comunidades que já aderiram ao programa e estamos confiantes de que muitos mais seguirão”. E acrescentou:

“As cidades desempenham um papel importante na construção de um futuro mais sustentável e equitativo. Nesse cenário, a Green Cities Initiative pode ajudar a apoiar seus esforços para aumentar a disponibilidade e o acesso a produtos e serviços verdes“.

Central Park, em Nova York/EUA – Foto Vincent Ledvina/Unsplash

A Green Cities, da FAO, reúne a agenda alimentar urbana e os objetivos socioeconômicos e ambientais. “Visamos melhorar o bem-estar das pessoas ao promover espaços verdes, indústrias verdes, economia verde e um estilo de vida verde, por meio da integração das áreas urbanas e periurbanas silvicultoras e os sistemas agroalimentares sustentáveis ​​no planejamento urbano“.

Se você gostou da iniciativa e gostaria de ver sua cidade inserida nesta lista, acesse o site para saber mais. Abaixo, assista ao vídeo produzido pela ONU News sobre a divulgação da rede de cidades:

Foto (destaque): José Sabino (Avenida Afonso Pena)

Mônica Nunes

Jornalista com experiência em revistas e internet, escreveu sobre moda, luxo, saúde, educação financeira e sustentabilidade. Trabalhou durante 14 anos na Editora Abril. Foi editora na revista Claudia, no site feminino Paralela, e colaborou com Você S.A. e Capricho. Por oito anos, dirigiu o premiado site Planeta Sustentável, da mesma editora, considerado pela United Nations Foundation como o maior portal no tema. Integrou a Rede de Mulheres Líderes em Sustentabilidade e, em 2015, participou da conferência TEDxSãoPaulo.

Deixe uma resposta