Câmeras registram filhote de onça-pintada em região de serra do mar no Paraná

Câmeras registram um novo filhote de onça-pintada em região de serra do mar no Paraná

Depois da divulgação da notícia da chegada de dois novos filhotes de onça-pintada no Parque Nacional do Iguaçu na semana passada, mais boas novas surgem do mesmo estado, o Paraná. Armadilhas fotográficas registraram a presença de filhotinho da espécie na Serra do Mar, numa região que integra a chamada Grande Reserva Mata Atlântica, o maior remanescente contínuo do bioma no Brasil.

O flagrante foi feito pelas câmeras do Programa Grandes Mamíferos da Serra do Mar, que monitora uma área de 17 mil km2 de Mata Atlântica entre os estados de São Paulo e Paraná.

“O filhote, que segue a mãe no vídeo, parece já ser mais velho”, diz o biólogo Roberto Fusco, responsável técnico do programa. “Com toda a pressão que a Mata Atlântica vem sofrendo com desmatamentos, mudanças climáticas e caça ilegal, este registro é super importante. Indica que a região apresenta condições saudáveis, permitindo não só a sobrevivência da espécie na área, mas também a reprodução”.

Este é o primeiro filhote avistado na porção paranaense da Serra do Mar pela equipe do projeto desde que ele foi criado, em 2018.

Além da onça-pintada, o Programa Grandes Mamíferos da Serra do Mar, que tem o apoio da Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza e do WWF-Brasil, monitora ainda a anta (Tapirus terrestris) e o queixada (Tayassu pecari). O objetivo da iniciativa é a coleta de dados e informações e assim, desenvolver estratégias de conservação e recuperação das populações dessas espécies.

A onça-pintada (Panthera onca), também chamada de jaguar, é o maior felino das Américas. Originalmente era encontrada desde o sudoeste dos Estados Unidos até o norte da Argentina. Atualmente, a espécie está oficialmente extinta no território americano, é muito rara no México, mas ainda pode ser vista na Argentina, Paraguai e Brasil.

Leia também:
Nove meses após voltar ao Pantanal, Ousado, onça-pintada com patas queimadas pelos incêndios, é visto acasalando
Fêmea de onça-pintada negra é levada de avião do Pará para acasalamento com macho em São Paulo

Vídeo flagra lindo momento entre Aracy e Isa, a primeira onça-pintada do mundo reintroduzida na natureza a ter filhotes
Ao aliar ecoturismo e pesquisa científica, o Onçafari trabalha pela preservação do maior felino das Américas
Raramente avistada, onça-pintada é fotografa no Cerrado

Imagens: Programa Grandes Mamíferos da Serra do Mar

Suzana Camargo

Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante 6 anos. Entre 2007 e 2011, morou na Suíça, de onde colaborou para publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Depois de dois anos e meio em Londres, vive agora em Washington D.C.

Deixe uma resposta