Câmera registra sucesso de passarela para animais construída sobre estrada nos Estados Unidos

Câmeras registram sucesso de passarela para animais construída sobre estrada nos Estados Unidos

Em 2018, o Departamento de Transportes de Utah, nos Estados Unidos, decidiu construir uma passarela para animais sobre uma rodovia interestadual que passa pelo Canyon de Parsley. O estado fica numa região montanhosa, com uma diversidade enorme de espécies vivendo em suas florestas. Mas muitos eram atropelados ao tentar cruzar esse trecho da estrada.

Inicialmente, previa-se que levaria alguns anos para que os animais se acostumassem com a nova travessia e começassem a utilizá-la. Todavia, câmeras revelaram que o viaduto é um enorme sucesso e uma quantidade enorme de bichos o usa diariamente.

Recentemente, o Utah Division of Wildlife Resources, órgão que cuida da vida selvagem no estado, divulgou em suas redes sociais um vídeo em que mostra os animais atravessando a passarela: aparecem veados, ursos, pumas, raposas…

Passarelas para travessias de animais têm se revelado uma ótima solução para evitar o atropelamento de animais.

No ano passado, escrevi sobre um viaduto gigantesco que estava sendo construído em Los Angeles na US Highway 101. Com um custo de US$ 87 milhões, o corredor vai conectar áreas da cadeia de montanhas Santa Mônica. A abertura da passarela, que tem aproximadamente 60 metros e terá ao longo dela vegetação e árvores nativas, está prevista para 2023. Ela ficará acima de dez pistas da rodovia, por onde passam, diariamente cerca de 300 mil veículos. O principal objetivo é proteger o cougar, um leão das montanhas (leia mais aqui).

No Brasil, um projeto semelhante foi feito para preservar uma espécie simbólica do país, o mico-leão-dourado. Conforme mostramos nesta outra reportagem, várias passagem de fauna foram erguidas ao longo da BR-101, no Rio de Janeiro, região onde ficam áreas de preservação que são habitat desse primata.

Pela extensão de proximadamente 80 km da estrada, foram colocados 15 túneis subterrâneos, passagens de copa (passarela que liga copas de árvores) e viadutos – o primeiro deles já está pronto, o segundo será viabilizado após a concessionária, a Autopista Fluminense, se certificar da eficiência do projeto.

Segundo o Centro Brasileiro de Estudos em Ecologia de Estradas (CBEE), 15 animais morrem atropelados, a cada segundo, no Brasil. Por dia, o número chega a quase 1,3 milhão. E por ano, o resultado final fica próximo de 475 milhões.

Um urso flagrado usando a passarela construída em Utah

Leia também:
Pará ganha primeiro viaduto para travessia de animais do Brasil
Antas ganham coleiras luminosas para evitar atropelamentos no Cerrado
Atropelamentos de animais silvestres em rodovia do Mato Grosso do Sul só crescem. E também matam pessoas. Assine a petição!
Sistema de radar detecta animais e alerta motoristas para evitar atropelamentos

Fotos: reprodução vídeo

Suzana Camargo

Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante 6 anos. Entre 2007 e 2011, morou na Suíça, de onde colaborou para publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Depois de dois anos e meio em Londres, vive agora em Washington D.C.

Deixe uma resposta