Bombeiros fazem resgate inusitado de guaxinim preso em bueiro

Bombeiros fazem resgate inusitado de guaxinim preso em bueiro

Parece até montagem, mas não é. Mas já adianto, essa história tem final feliz. Bombeiros foram chamados para ajudar um guaxinim que ficou com a cabeça presa num bueiro na cidade de Harrison, perto de Detroit, nos Estados Unidos. Quando chegaram ao local, eles ficaram perplexos ao constatar a situação.

Só era possível ver a cabeça do animal saindo da tampa do esgoto. Logo no começo os bombeiros passaram sabão no pescoço do guaxinim para ver se conseguiam liberá-lo. Mas a estratégia não funcionou.

A segunda ideia foi tentar serrar o bueiro de ferro, mas houve receio que o animal fosse ferido.

“Estávamos tentando todos os tipos de opções para não machucá-lo, mas ele estava muito preso”, contou o bombeiro Brian Lorkowski em entrevista ao site MLive.

Por final, surgiu a tentativa de usar óleo de cozinha no corpo do guaxinim. E funcionou! O animal conseguiu sair são e salvo da tampa do bueiro!

O caso é um bom lembrete de que, em qualquer lugar, quando se encontra um animal selvagem, sozinho, acuado ou machucado, a primeira coisa a se fazer é ligar para os bombeiros ou ao órgão ambiental local para solucionar o problema. A recomendação é ainda mais importante no caso de filhotes porque na maioria das vezes os pais estão por perto e voltarão em breve.

Abaixo selecionei algumas matérias que dão dicas importantes sobre isso:

Encontrei um animal silvestre: o que fazer?
#DeixeOBichoNoMato: se encontrar um filhote, não tire ele da natureza!
Filhote de harpia encontrado em estrada de Rondônia é devolvido a seu ninho

*Com informações da Good News Network

Foto: Brian Lorkowski/Harrison Township Fire Department

Suzana Camargo

Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante 6 anos. Entre 2007 e 2011, morou na Suíça, de onde colaborou para publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Depois de dois anos e meio em Londres, vive agora em Washington D.C.

Deixe uma resposta