Basta de mortes! Krenak, Chico César, Julia Lemmertz e Felipe Neto, entre outros brasileiros, pedem impeachment de Bolsonaro

Basta de mortes! Krenak, Chico César, Julia Lemmertz, e Felipe Neto se unem a outros brasileiros pelo impeachment

Indignados com o cenário de total descaso a que Jair Bolsonaro tem submetido o país na condução da pandemia da covid-19, Ailton Krenak (líder indígena), Julia Lemmertz (atriz), Felipe Neto (influenciador), Chico Cesar (músico), Marcelo Gleiser (cientista), Raduan Nassar (escritor), Walter Casagrande (comentarista esportivo), Cristina Serra (jornalista), Hermes Fernandes (pastor evangélico), Vanderson Rocha (médico), Júlio Lancelotti (padre), Fabio Porchat (apresentador), Lígia Bahia (médica sanitarista), Verônica Brasil (enfermeira) e Xuxa Meneghel (apresentadora) deram entrada, ontem, 24 de maio, a um pedido de impeachment contra o presidente na Câmara dos Deputados.

Eles fazem parte do movimento Vidas Brasileiras, que não tem motivação político-partidária, nem está vinculado a qualquer organização ou agremiação. O pedido foi protocolado pelos advogados que representam o grupo também subscrevem o texto, que você pode ler, aqui, na íntegra.

“Decidimos exercer nosso direito e nosso dever de lutar para, de forma legítima, de acordo com os preceitos constitucionais, mudar este estado de calamidade pública em que nos encontramos”.

Ontem, no final da tarde, o Consórcio de Veículos de Imprensa registrava 450.026 óbitos e 16.121.136 casos confirmados.

Como sabemos, há diversos pedidos dessa natureza protocolados no Congresso, desde o ano passado. Eles foram engavetados por Rodrigo Maia, quando era presidente da Câmara. E continuam na mesma situação, agora sob a direção de Arthur Lira, deputado declaradamente bolsonarista.

Então, para que este não seja mais um pedido de impeachment, os primeiros signatários convidam todos os brasileiros que não suportam mais “os atos e omissões do governo federal, que não tem sido capaz de combater a pandemia e de garantir a vida e a saúde da população”, a assinarem também e aderirem ao movimento.

Para isso, basta entrar no site Vidas Brasileiras e informar seus dados.

“Somos integrantes da sociedade civil brasileira, das mais diferentes áreas, origens e convicções, sendo que o que nos une é a necessidade urgente de mudanças na condução política-administrativa do Brasil, sobretudo na área da saúde“, destacam.

Para eles, “a lista de crimes de reponsabilidade e de quebra de decoro cometidos por Jair Bolsonaro” é extensa e, por isso, “queremos nos ater ao mais grave e urgente: irresponsabilidade com a nossa saúde“.

Abaixo, assista ao vídeo gravado pela atriz Julia Lemmertz e divulgado nas redes sociais, no qual ela comunica o pedido de impeachment e explica o movimentos, além de enfatizar a importância de que todos que partilham da mesma angústia participem.

Também reproduzo outros dois vídeos produzidos pelo movimento que dão ainda melhor dimensão de seu objetivo.

Leia também:
Grupo de médicos e de cientistas pede impeachment de Bolsonaro por crimes cometidos na condução da pandemia
Parlamentares querem impeachment do ministro do meio ambiente e entram com pedido no STF
Profissionais de saúde denunciam Bolsonaro no Tribunal Penal Internacional por genocídio e crime contra a humanidade

Mais de 500 organizações, cientistas, jornalistas e ativistas lançam manifesto em defesa da democracia no Brasil

Mônica Nunes

Jornalista com experiência em revistas e internet, escreveu sobre moda, luxo, saúde, educação financeira e sustentabilidade. Trabalhou durante 14 anos na Editora Abril. Foi editora na revista Claudia, no site feminino Paralela, e colaborou com Você S.A. e Capricho. Por oito anos, dirigiu o premiado site Planeta Sustentável, da mesma editora, considerado pela United Nations Foundation como o maior portal no tema. Integrou a Rede de Mulheres Líderes em Sustentabilidade e, em 2015, participou da conferência TEDxSãoPaulo.

Deixe uma resposta