PUBLICIDADE

Aves estão sofrendo com insolação e morrendo devido ao calor excruciante na Índia

Aves estão sofrendo com insolação e morrendo devido ao calor excruciante na Índia

O verão ainda nem começou na Índia, mas em algumas cidades, os termômetros já registraram em maio temperaturas acima dos 45oC. Com a segunda maior população do mundo, já são mais de 1,3 bilhão de habitantes, o país pouco contribuiu para as mudanças climáticas. Nunca chegou a ser realmente industrializado. Uma grande fatia de seus cidadãos vive na miséria e apenas 1% dos indianos têm ar-condicionado em casa. Apesar disso, já sofre frequentemente os efeitos do aquecimento global.

E infelizmente, não são apenas os seres humanos que enfrentam o impacto dos extremos climáticos. Nas últimas semanas, os animais têm demonstrado pouca resiliência contra o calor excruciante. Em certas regiões, houve relatos de pássaros “caindo do céu”, exaustos, desidratados e vítimas de insolação.

Em muitos lugares, por causa da seca extrema há falta de água. As aves não encontram nada para beber.

Veterinários de uma clínica de atendimento animal da organização Jivdaya Charitable Trust, em Ahmedabad, que já trataram centenas de pássaros desde o início do mês passado. “Este ano foi um dos piores dos últimos tempos. Vimos um aumento de 10% no número de aves que precisam ser resgatadas”, revelou Manoj Bhavsar, em entrevista à Agência de Notícias Reuters.

Já outro hospital veterinário em Gurgaon informa que o número de casos de pássaros acometidos pelo calor é 50% maior do que em anos anteriores. Os mais afetados são aqueles de menor porte, que não migram, e vivem em áreas urbanas, sempre mais quentes.

Muitas aves precisam receber injeções com água no bico e tabletes com multivitaminas. Muitas ONGs começaram a colocar potes de água em vários pontos da cidade e estimulam moradores a fazer o mesmo.

E não são só os pássaros que estão sofrendo com o calor excessivo. Quatro filhotes de lobos morreram recentemente no Sajjangarh Biological Park. Veterinários suspeitam que a causa tenha sido as altas temperaturas.

De acordo com o sistema meteorológico da Índia, o país teve o mês de março mais quente dos últimos 122 anos e a capital, Nova Delhi, o abril com a temperatura mais alta desde 1949. A média máxima chegou a 42oC. A mesma onda de calor recorde atingiu os vizinhos Paquistão e Bangladesh.

Nos últimos 50 anos, estima-se que 17 mil indianos tenham morrido vítimas de doenças relacionadas ao calor.

Infelizmente, organizações como a Wildlife SOS temem que a situação irá ficar ainda pior nos próximos meses.

*Com informações dos sites The Times of India, Vice News e a Agência de Notícias Reuters

Leia também:
Dois leões morrem de Covid em zoológico da Índia
Menino indiano retrata rotina exaustiva da mãe e de mulheres de seu bairro e dá visibilidade à desigualdade
Infestação de gafanhotos atinge Índia e Paquistão, a pior já enfrentada por esses países nas últimas décadas
Índia inaugura primeiro hospital de elefantes do país

Foto de abertura: Wildlife SOS India

Comentários
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Notícias Relacionadas
Sobre o autor
PUBLICIDADE
Receba notícias por e-mail

Digite seu endereço eletrônico abaixo para receber notificações das novas publicações do Conexão Planeta.

  • PUBLICIDADE

    Mais lidas

    PUBLICIDADE