PUBLICIDADE

Ativistas pedem liberdade de beluga solitária que vive em tanque num shopping de Seoul

Ativistas pedem liberdade de beluga solitária que vive em tanque num shopping de Seoul

Bella era uma filhote com cerca de dois anos quando foi capturada na costa da Rússia, no Oceano Ártico, em 2013, e vendida para o Lotte World Aquarium. A beluga fêmea e dois machos, Bello e Belli, foram levados para um tanque, dentro um shopping center gigantesco, na capital da Coreia do Sul. Os três animais, junto com pinguins e focas, ficavam expostos para os visitantes na área do “Ártico” do aquário.

Três anos depois da chegada das belugas no local, Bello morreu com apenas cinco anos (em geral, esses cetáceos vivem entre 35 e 50 anos). Em 2019, Belli faleceu.

Desde então, Bella está sozinha no tanque de concreto, que tem apenas 7 metros de profundidade e algumas rochas artificiais. Belugas, assim como outras espécies de cetáceos, entre eles golfinhos e baleias, são seres extremamente sociáveis, que interagem entre seus pares o tempo todo.

PUBLICIDADE

Devido à pressão popular e campanhas de organizações pela proteção animal, em 2019 o Lotte World Aquarium anunciou que iria libertar Bella, levando-a para um santuário de vida selvagem.

Já se passaram quase cinco anos e a pobre beluga continua nadando sozinha, dentro de um shopping center. Segundo especialistas, ela apresenta sinais de estresse emocional, girando em círculos e no fundo do tanque.

Nos últimos anos, a Hot Pink Dolphins já promoveu diversos protestos e ações para cobrar o compromisso assumido pelo aquário. Além disso, lançou uma petição online, em parceria com o Dolphin Project, pedindo o envio de Bella para um santuário.

“Pedimos ao Lotte World Aquarium que cumpra sua promessa de reabilitar Bella para sua soltura na natureza”, diz o texto da petição. “Atualmente ela está em um aquário artificial estéril. Bella fica exposta o dia todo para que os visitantes tirem fotos e gravem vídeos com ela. Muitas vezes as pessoas são vistas batendo em seu tanque em um esforço para chamar sua atenção. É hora de Bella receber a liberdade que lhe foi prometida”.

Ativistas pedem liberdade de beluga solitária que vive em tanque num shopping de Seoul

Manifestação em frente ao tanque de Bella em 2022
Foto: Hot Pink Dolphins

Chega de cativeiro!

A beluga (Delphinapterus leucas), chamada popularmente de baleia branca, é encontrada em altas latitudes, em torno do círculo polar Ártico, distribuindo-se desde a costa da Groenlândia até a região da Noruega.

Vergonhosamente, a Rússia e o Japão estão entre os países que permitem a caça e a comercialização de cetáceos, como denunciou um relatório recente da Proteção Animal Mundial.

Na enseada japonesa de Taiji, por exemplo, caçadores usam barreiras sonoras para desorientar golfinhos e os encurralam em direção à enseada. Lá mesmo eles são escolhidos para serem vendidos para aquários e atrações turísticas do mundo todo.

Volta à natureza

Apesar de ser muito difícil reintroduzir animais que foram retirados muito jovens da natureza e perderam todo o aprendizado que teriam com suas mães para poder sobreviver na vida selvagem, uma alternativa ao cativeiro são os santuários.

Foi o que aconteceu com Little Grey e Little White, duas belugas, capturadas também filhotes no Mar da Rússia e que passaram dez anos em um aquário de Shangai, na China.

Todavia, em 2012, o Changfeng Ocean World foi comprado pelo grupo de entretenimento britânico Merlin, que opera a rede de aquários Sea Life, administrada também por uma fundação de conservação ambiental. Entre as políticas do Merlin, está a proibição em manter em cativeiro golfinhos e baleias.

Por essa razão Little Grey e Little White foram levadas para um santuário de belugas, na baía de Klettsvik, em Heimaey, nas Ilhas Westman, na Islândia. Elas não foram soltas no oceano aberto, mas vivem em uma enseada de 32 mil me 10 mil metros de profundidade, ou seja, com uma qualidade de vida muito melhor do que a do aquário (leia mais aqui).

Ativistas pedem liberdade de beluga solitária que vive em tanque num shopping de Seoul

Little Grey e Little White vivem em um santuário de belugas na Islândia
Foto: reprodução Facebook Beluga Whales Sancturary

—————————

Agora o Conexão Planeta também tem um canal no WhatsApp. Acesse este link, inscreva-se, ative o sininho e receba as novidades direto no celular

Leia também:
Após dez anos em aquário na China, baleias belugas são soltas nas águas de santuário na Islândia
Quatorze baleias morreram desde 2019 em aquário no Canadá

Morre Lolita, orca tirada filhote da natureza e explorada por mais de 50 anos em aquário

Foto de abertura: Hot Pink Dolphins

Comentários
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Notícias Relacionadas
Sobre o autor
PUBLICIDADE
Receba notícias por e-mail

Digite seu endereço eletrônico abaixo para receber notificações das novas publicações do Conexão Planeta.

  • PUBLICIDADE

    Mais lidas

    PUBLICIDADE