PUBLICIDADE

Após tentar chocar uma pedra, a águia Murphy se torna pai adotivo de filhote órfão

Após tentar chocar uma pedra, a águia Murphy se torna pai adotivo de filhote órfão

Essa é uma daquelas histórias que poderia virar filme sobre animais. Com muitas lágrimas, mas um final feliz. Murphy é um macho de bald eagle (Haliaetus leucocephalus), a famosa águia-de cabeça-branca, símbolo dos Estados Unidos. Ele chegou ao World Bird Sanctuary, no estado de Missouri, com uma perna quebrada, quando tinha um ano.

Após ser tratado e se recuperar, Murphy foi solto na natureza, mas pouco tempo depois, resgatado novamente, com uma asa quebrada. Infelizmente, ele nunca mais conseguirá voar, por isso está há 30 anos no santuário.

Todavia, no começo de março seus cuidadores perceberam que a águia tinha feito um ninho bastante simples e começou a chocar uma pedra – na vida selvagem, após a fêmea colocar os ovos, o casal se reveza no cuidado ao futuro filhote.

“Desejamos toda sorte do mundo a Murphy, mas não vamos contar a ele sobre a realidade da situação”, escreveu o World Bird Sanctuary em suas redes sociais na época. “Até hoje nunca vimos uma pedra eclodir”.

A história viralizou nas redes sociais, com milhares de internautas sensibilizados com o comportamento de Murphy.

De qualquer maneira, seus cuidadores explicaram que a águia estava bem. Não vive sozinha, tem a companhia de outras quatro aves da mesma espécie. Além disso, era só um impulso hormonal e que logo, logo, provavelmente iria deixar a pedra de lado.

“É apenas sua resposta hormonal à primavera. Murphy não está triste, então você não precisa estar. As águias americanas machos participam igualmente na criação dos filhotes, então esse é um comportamento natural para um macho”, esclareceram.

Mesmo assim, Murphy precisou ser transferido para um novo recinto porque estava se tornando muito agressivo com as demais águias para proteger sua “pedra/ovo”.

Todavia, como todo enredo de filme precisa de uma reviravolta, algo surpreendente aconteceu. O santuário recebeu um filhote de águia com poucas semanas de vida que tinha quebrado a asa, depois de cair do ninho por causa de uma tempestade.

Decidiu-se então que talvez Murphy pudesse usar seus instintos paternais para cuidar do novo filhote.

Num primeiro momento, o filhote ficou numa pequena gaiola, protegido, para se ter certeza que seria bem aceito pelo pai adotivo. Com a atenção focada na novidade, a “pedra/ovo” foi removida do ambiente discretamente.

E no dia 13 de abril, aconteceu a prova de que os laços entre os dois eram reais. Murphy alimentou o filhote!

“Todos no santuário estão emocionados com Murphy. Notamos nos dias após sua chegada que o filhote tinha uma pilha de comida intocada, mas a barriga cheia. Enquanto isso, Murphy pega um peixe de um tubo acima de seu ninho, que havia desaparecido – ipso facto – Murphy alimentou o filhote”, compartilhou o World Bird Sanctuary.

Após tentar chocar uma pedra, a águia Murphy se torna pai adotivo de filhote órfão

A história de Murphy em fotos: ele chocando sua “pedra/ovo’, a chegada do filhote
e a interação entre os dois
(Fotos: divulgação World Bird Sanctuary)

Aves de rapina como falcões e águias têm instintos parentais muito fortes e são conhecidos por adotar outras espécies.

Entretanto, o World Bird Sanctuary informou que o objetivo é que quando o filhote estiver mais velho e sua asa consertada, ele seja reintroduzido na natureza.

Na vida selvagem, entre 70% e 80% das águias morrem antes de se tornarem adultas, por volta dos cinco anos. Aquelas que conseguem passar dessa fase, podem viver em torno de 20 a 25 anos. Em cativeiro, entretanto, a espécie sobrevive muito mais tempo – 40 ou 50 anos -, por estar em um ambiente seguro, ter alimentação garantida e cuidados veterinários.

Leia também:
Milhares de pessoas assistem, ao vivo, o nascimento de dois filhotes de “bald eagle”, águia símbolo dos Estados Unidos
Especialistas alertam sobre a morte de dezenas de ‘bald eagles’, vítimas da gripe aviária: águia é símbolo dos Estados Unidos

Duas águias macho e uma fêmea formam família e cuidam juntas de seus filhotes

Foto de abertura: divulgação World Bird Sanctuary

Comentários
guest

1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Ana Maria Agra
Ana Maria Agra
1 ano atrás

Quem sabe um diretor, até pensei no Spielberg, que adora esses temas né? Se interessa por essas histórias maravilhosas que leio sempre aqui no Conexão.
O triste que águia macho não vai mais ser solta.

Notícias Relacionadas
Sobre o autor
PUBLICIDADE
Receba notícias por e-mail

Digite seu endereço eletrônico abaixo para receber notificações das novas publicações do Conexão Planeta.

  • PUBLICIDADE

    Mais lidas

    PUBLICIDADE