PUBLICIDADE

Após 32 anos, Beto Carrero World fecha zoológico que chegou a ter mais de mil animais de 237 espécies

Após 32 anos, Beto Carrero World fecha zoológico que chegou a ter mais de mil animais de 237 espécies

A decisão de fechar o zoológico do parque Beto Carrero World (BCW) não é recente, tem anos! Mas somente ontem (27) foi anunciada. Em nota publicada em seu site, o parque oficializou o fim das atividades da área chamada Mundo Animal, que chegou a ter mais de mil animais de 237 espécies. Foi o último dia de visitação. 

“Após 32 anos intensos de muito amor, dedicação e compromisso com a preservação das espécies, o Beto Carrero World se despede do Mundo Animal, uma de suas áreas mais icônicas. Um espaço que nasceu do profundo respeito e carinho que o saudoso Beto Carrero tinha pelos animais”, destaca o texto. A intenção é garantir bem-estar aos animais e que eles vivam mais próximos de seus habitats naturais. 

A transição vinha acontecendo de forma gradual e muitos animais foram transferidos para outros locais (zoológicos, certamente) e santuários, que a empresa mantém em segredo. Agora, está sendo concluída a transferência das últimas espécies para seus novos lares.

PUBLICIDADE

Segundo Alexandre Murad, presidente do conselho administrativo do Beto Carrero World e filho do fundador, Beto “tinha uma conexão incrível com os animais e nos inspirou a cuidar, preservar e amar cada um deles”. 

Após 32 anos, Beto Carrero World fecha zoológico que chegou a ter mais de mil animais de 237 espécies
Beto Carrero sempre aparecia nas fotos com animais selvagens: outros tempos…
Foto: Beto Carrero World/divulgação

“As gerações mudam. Hoje entendemos que é mais significativo receber os animais que nos visitam espontaneamente, como capivaras e pássaros migratórios, do que manter espécies selvagens dentro de um parque temático”, completa.

Faz 16 anos que Alexandre assumiu a administração do negócio. Beto Carrero morreu de choque cardiogênico em 1 de fevereiro de 2008, aos 70 anos, em hospital de São Paulo, durante cirurgia cardíaca. 

Amor e cativeiro

Na nota, o BCW conta, com saudosismo, que quem se lembra do parque, certamente lembra “de cenas marcantes nas quais elefantes, tigres, jacarés, e macacos dividiam o picadeiro com seus domadores”. Ele se refere aos resquícios do circo itinerante. 

“Sob a lona colorida, acrobacias, shows e os majestosos animais se apresentavam despertando a admiração de crianças e adultos”. Pobres animais! E ainda chama esse ambiente de “universo mágico”, onde “a história, amor e respeito de Beto Carrero pelos animais se consolidou”. 

É verdade que João Batista Sergio Murad (nome de batismo de Beto) viveu em outro tempo, mas é difícil conciliar “amor”, “carinho e respeito” e “preservação das espécies” num local que manteve cativos animais selvagens por mais de 30 décadas. 

E o empresário ainda tinha com a companhia de um cavalo chamado (Faísca) e de um tigre branco (Marcos). Este último, um animal selvagem tratado como pet, o que tanto condenamos hoje. 

O zoológico: símbolo?

Ao se fixar no município de Penha, no litoral norte de Santa Catarina – onde comprou terrenos que, juntos, somam 14 milhões de metros quadrados – Beto Carrero construiu o zoológico, que foi o primeiro “filhote” do circo. E, por um bom tempo, o restante do parque oferecia apenas uma roda gigante e espetáculos improvisados sob lonas coloridas.

O BCW conta que, à medida que foi os anos se passaram, o parque se adaptou “às novas percepções e necessidades de bem-estar animal”. E que os “emocionantes shows deram lugar a uma abordagem mais profissional, que resultou na criação de um zoológico que educava e encantava os visitantes, proporcionando um ambiente seguro e acolhedor para diversas espécies”.

Após 32 anos, Beto Carrero World fecha zoológico que chegou a ter mais de mil animais de 237 espécies
Foto: Beto Carrero World/divulgação

A empresa ainda destaca a parceria com o IBAMA, o ICMBio e especialistas, que permitiu a adoção de “cuidados alinhados a protocolos internacionais, garantindo a saúde e o bem-estar das espécies”. 

Por fim, segundo a nota, “o Mundo Animal se tornou símbolo de compromisso com a preservação da vida selvagem, onde espécies ameaçadas puderam encontrar segurança, e onde histórias de nascimentos raros, resgate e recuperação inspiraram milhares de visitantes”.

O parque temático Beto Carrero World – que, com os anos, se tornou multitemático – foi inaugurado em 28 de dezembro de 1991. Hoje, está dividido em 10 áreas distintas onde estão brinquedos e são apresentados shows para diferentes idades. 
__________

Acompanhe o Conexão Planeta também pelo WhatsApp. Acesse este link, inscreva-se, ative o sininho e receba as novidades direto no celular.

Foto (destaque): Beto Carrero World/divulgação

Com informações da nota divulgada pelo Beto Carrero World

Comentários
guest

1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Nadja
Nadja
12 dias atrás

Parabéns ao Parque por uma atitude tão respeitosa aos animais.

Notícias Relacionadas
Sobre o autor
PUBLICIDADE
Receba notícias por e-mail

Digite seu endereço eletrônico abaixo para receber notificações das novas publicações do Conexão Planeta.

  • PUBLICIDADE

    Mais lidas

    PUBLICIDADE