PUBLICIDADE

A temida formiga-de-fogo-vermelha, uma das mais destrutivas espécies invasoras do mundo, chega à Europa

A temida formiga-de-fogo-vermelha, uma das mais destrutivas espécies invasoras do mundo, chega à Europa

A picada da formiga-de-fogo-vermelha é extremamente dolorida. Apesar de pequena, com cerca de 2 a 6 mm, seu veneno provoca sensação e queimação e inchaço imediato na pele, seguido pela formação de pústulas, que podem permanecer por vários dias. Mais de 14 milhões de pessoas são picadas por ela nos Estados Unidos todos os anos. Entretanto, a Solenopsis invicta é uma espécie nativa da América do Sul, de países como o Brasil, Paraguai, Argentina e Uruguai, mas que se tornou uma temida praga em outros continentes.

Agora a formiga-de-fogo-vermelha, considerada uma das maiores espécies invasoras mais destrutivas do mundo, chegou à Europa. Segundo especialistas, na verdade, era só uma questão de tempo para que o inseto colocasse seus pequenos pés por ali.

Pesquisadores identificaram 88 dessas formigas em colônias na cidade de Syracuse, na ilha da Sicília, na Itália. Exames de sua linhagem genética indicaram que elas são provenientes provavelmente da China ou dos Estados Unidos.

Um relatório divulgado recentemente pela Plataforma Intergovernamental de Biodiversidade e Serviços Ecossistêmicos (IPBES, na sigla em inglês) apontou que a presença de espécies invasoras causa um prejuízo econômico global de U$ 423 bilhões, por ano, e em 85% dos casos o impacto desses animais ou plantas, introduzidos pelas atividades humanas, fora de seus habitats originais, é negativo para o meio ambiente.

O levantamento revelou ainda que 60% das extinções de animais ou plantas no planeta foram provocadas exclusivamente ou em parte por essas espécies invasoras.

Além da picada dolorosa, a formiga-de-fogo-vermelha provoca destruição em lavouras e pode infestar equipamentos elétricos, incluindo veículos e computadores.

A formiga-de-fogo-vermelha pode formar colônias gigantes com várias rainhas
(Foto: April Nobile/© AntWeb.org/wikimedia commons)

Assim como outras espécies da fauna e da flora, a formiga chegou a outros países através da globalização, seja pela locomoção de seres humanos, transporte de plantas ou cargas. Hoje é encontrada também na Austrália, Nova Zelândia, Caribe e diversas nações asiáticas.

Segundo o banco de dados de espécies invasoras da União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN, na sigla em inglês), a Solenopsis invicta se reproduz e se espalha rapidamente e, se perturbada, pode se mudar para outro lugar para garantir a sobrevivência da colônia. “Sua capacidade de picar lhe permite subjugar as presas e repelir os recursos de competidores vertebrados ainda maiores”.

Enxame da formiga-de-fogo-vermelha: elas conseguem se reproduzir com muita rapidez
(Foto: stevenw12339/creative commons/flickr)

*Com informações da publicação Current Biology

Foto de abertura: Alexander Wild, CC0, via Wikimedia Commons

Comentários
guest

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Notícias Relacionadas
Sobre o autor
PUBLICIDADE
Receba notícias por e-mail

Digite seu endereço eletrônico abaixo para receber notificações das novas publicações do Conexão Planeta.

  • PUBLICIDADE

    Mais lidas

    PUBLICIDADE