A exuberância da vida marinha em 15 imagens fantásticas

Qualquer uma das 13 imagens vencedoras do concurso da revista Scuba Diving deste ano poderiam ter sido escolhidas para ganhar o Grande Prêmio. Eu incluiria nesse páreo também algumas das 13 menções honrosas (quantidade inédita!), tamanha a qualidade do material inscrito.

Por conta disso, os jurados chegaram a declarar, em diversas situações ao analisar as imagens: “Como alguém foi capaz de tirar essa foto?”.

Algumas imagens são mais estupendas do que outras, mas, no geral, todas são sensacionais e nos apresentam a beleza inimaginável das profundezas dos oceanos.

De tanto deslumbramento, chega a ser difícil pensar que nós e os seres e cenários revelados nas imagens inscritas nesta competição vivemos no mesmo planeta. E que ainda existe tanta beleza nesse ambiente ameaçado pela poluição intensa – existem ilhas de lixo e de plástico boiando nos mares, como sabemos! -, pela acidificação e pelo aquecimento das águas provocado pelas alterações do clima.

Pois que o universo mágico das imagens apresentadas aqui – que vieram de paraísos localizados em países como Flórida, México, Cuba, Indonésia, Filipinas, Grécia, Egito e Austrálias – nos inspirem a sermos ativistas diários pela proteção dos oceanos.

Nao esqueçamos que nossos paraísos estão sendo devastados na costa brasileira também – lembra do óleo derramado por grande extensão da costa do país, que o governo nem deu bola e se limitou a acusar o Greenpeace? e da sanha da especulação imobiliária e do desenvolvimentismo que quer tomar terra indígena pra construir resort? -, mas ainda existe muita abundância para ver e registrar pra ganhar prêmio.

Esta edição do concurso realizado há 16 anos foi recorde em inscritos: 2.636. Destes apenas 13 fotógrafos obtiveram melhor classificação para o Grande Prêmio e as quatro categorias, com três imagens cada: Comportamento, Macro, Câmera Compacta e Grande Angular. E eu ainda escolhi mais duas, entre as menções honrosas, para compor esta seleção. Mergulhe!

E descubra, afinal, que bicho é esse que rendeu o Grande Prêmio para o autor da imagem.

Grande Prêmio

A imagem que ilustra este post é de Evans Baudin, que a registrou em junho deste ano, no estado de Baja Califórnia, no México. Ele conta que participava de uma expedição para documentar a vida marinha e os efeitos da redução do tráfego marítimo devido à pandemia da covid-19.

“Depois de duas horas na água com um cardume de tubarões, perto da superfície, o capitão do nosso barco gritou: ‘Tubarão-baleia, bem atrás de você!’. Era uma fêmea de 12 metros ou mais. A surpresa foi dupla quando descobri cerca de 50 remoras desfrutavam pacificamente de um passeio grátis em sua boca”. Sensacional!

Categoria Comportamento

Esta, como as demais categorias, têm três vencedores:

Foto: Jules Casey, em Port Phillip Bay, Austrália
Foto de Jerry Arriaga em Ambon Bay, Indonésia 
Foto de Thomas Van Puymbroeck em Marsa Alam, Egito 

Categoria Câmera compacta

Foto de Tobias Friedrich em Anilao, Filipinas 
Foto de Marcelo Johan Ogata, no Estreito de Lembeh, Indonésia 
Foto de Enrico Somogyi, em Anilao, Filipinas 

Categoria Macro

Foto de Jeffrey Haines, em West Palm Beach, Flórida 
Foto de Yury Ivanov, em Bali, Indonésia 
Foto de Robert Stansfield, em Banco Chinchorro, México 

Categoria Grande angular

Foto de Martin Strmiska, em Puerto Morelos, México
Foto de Marc Henauer, na Ilha Amorgos, Grécia 
Foto de Raffaele Livornese, na Baja California, México 

Menções honrosas

Foram 13 fotos selecionadas neste grupo. Escolhi apenas duas para mostrar aqui. Se você quiser ver as demais, só clicar no link da matéria da revista.

Foto de Martina Andres no Mar Vermelho 
Foto de Lureen Ferretti. A revista não indicou onde ela foi feita.
Parece uma pintura, não? 

Mônica Nunes

Jornalista com experiência em revistas e internet, escreveu sobre moda, luxo, saúde, educação financeira e sustentabilidade. Trabalhou durante 14 anos na Editora Abril. Foi editora na revista Claudia, no site feminino Paralela, e colaborou com Você S.A. e Capricho. Por oito anos, dirigiu o premiado site Planeta Sustentável, da mesma editora, considerado pela United Nations Foundation como o maior portal no tema. Integrou a Rede de Mulheres Líderes em Sustentabilidade e, em 2015, participou da conferência TEDxSãoPaulo.

Deixe uma resposta