A cantora Beyoncé anuncia apoio à campanha ‘Tem Gente com Fome’, que já beneficiou mais de 60 mil brasileiros

No último domingo, 13 de junho, a campanha Tem Gente com Fome, lançada em março deste ano pela Coalizão Negra por Direitos – numa aliança de mais de 200 organizações, como contamos aqui -, recebeu um importante e muito bem vindo apoio: da cantora americana Beyoncé e de seu projeto social BeyGood.

A organização usou as redes sociais para comunicar sua adesão a este projeto lindo e potente, que, em três meses, arrecadou mais de R$ 12 milhões em doações, beneficiando mais de 60 mil brasileiros em situação de total vulnerabilidade: fome, miséria e violência.

Parafraseando o movimento Black Lives Matter, os posts da organização destacam que Vidas Brasileiras Importam (Brazilian Lives Matter), como no Instagram, chamando a atenção do mundo para a fome que aflige milhares de pessoas em nosso país. E convidar seus seguidores a aderir à campanha “para dar assistência a famílias brasileiras que enfrentam insegurança alimentar”.

Números exitosos, mas ainda falta muito!

Tomara que sua adesão ajude este movimento precioso a alcançar o objetivo inicial. Os números acima são impactantes, sim, mas ainda estão aquém do objetivo inicial da campanha: angariar recursos para alimentar as 222.895 mil famílias mapeadas em todas as regiões do Brasil.

Na época do lançamento, os organizadores contaram que, para comprar alimentos e produtos de cuidado com saúde e higiene, no valor equivalente a R$ 200 mensais por família, num período de três meses, o valor necessário era de R$ 133.737.000 (centro e trinta e tres milhões, setecentos e trinta e sete mil reais).

No primeiro mês, a campanha arrecadou R$ 1.519.856. Ainda falta muito e é fácil participar: é só preencher o formulário que está no site e contribuir com valores a partir de R$ 10.

Para quem prefere fazer depósito em conta ou doar valores diferentes dos indicados na campanha, eis os dados: Associação Franciscana DDFP, CNPJ 11.140.583/0001-72, Banco do Brasil, Agência 1202-5, Conta Corrente 73.963-4, Chave PIX: 11.140.583/0001-72.

Apoio inicial, união e inspiração

Foto: Reprodução vídeo

A campanha Tem Gente com Fome ganhou força com a adesão de mais de 200 organizações brasileiras, pautadas pelo desejo de ajudar a minimizar a pior crise humanitária vivida no país, agravada pela pandemia do coronavírus da forma mais eficaz: colocando comida na mesa.

Desde o início, elas contam também com o apoio de personalidades como o líder indígena Ailton Krenak, a atriz Camila Pitanga, o músico Emicida, os atores Ailton Graça e Antonio Pitanga, as cantoras Martinália e Paula Lima, a atriz e cantora Zezé Mota e o pastor evangélico Henrique Vieira, entre outros, que participaram do vídeo de divulgação, que você pode assistir abaixo.

Eis algumas delas: Instituto Marielle Franco, Anistia Internacional, Oxfam Brasil, Redes da Maré, 342 Artes, ABCD – Ação Brasileira de Combate às Desigualdades e Nossas Rede de Ativismo, Instituto Ethos, Orgânico Solidário, Grupo Prerrôo, Movimento Negro Unificado e Uneafro Brasil.

O título da campanha foi inspirado num poema de Solano Trindade“Tantas caras tristes querendo chegar em algum destino, em algum lugar. Se tem gente com fome, dá de comer!” – e causa impacto pela obviedade de sua declaração. O efeito é imediato. Agora, internacionalmente.

Foto (destaque): Reprodução vídeo

Mônica Nunes

Jornalista com experiência em revistas e internet, escreveu sobre moda, luxo, saúde, educação financeira e sustentabilidade. Trabalhou durante 14 anos na Editora Abril. Foi editora na revista Claudia, no site feminino Paralela, e colaborou com Você S.A. e Capricho. Por oito anos, dirigiu o premiado site Planeta Sustentável, da mesma editora, considerado pela United Nations Foundation como o maior portal no tema. Integrou a Rede de Mulheres Líderes em Sustentabilidade e, em 2015, participou da conferência TEDxSãoPaulo.

Deixe uma resposta