World Disco Xepa Day: jovens mobilizam 39 países contra o desperdício de alimentos

Este é o primeiro Disco Soup Day, promovido pela rede jovem do movimento Slow Food (SFYN), que vai acontecer no próximo sábado, 29/4 e promete ser uma grande mobilização já que teve a adesão de 39 países: Brasil, Chile, Argentina, Uruguai, Paraguai, Peru, Colômbia, Bolívia, Porto Rico, México, Estados Unidos, Canadá, Moçambique, Tanzânia, Uganda, Quênia, Nigéria, Serra Leoa, Espanha, França, Inglaterra, Escócia, Suíça, Itália, Alemanha, Bélgica, Holanda, Chipre, Suécia, Bulgária, Roménia, Irã, Índia, Coréia do Sul, Japão, Camboja, Filipinas, Indonésia e Hong Kong.

Ao todo, serão 93 eventos, dos quais 20 no Brasil, onde ganhou o nome de Disco Xepa Day. 

A ordem é chamar a atenção para a contradição absurda que existe no mundo entre o que se produz, o que se consome e o que é jogado fora. Parte da população morre de fome, enquanto a outra desperdiça 1/3 de tudo que compra: são 1,3 bilhões de toneladas de comida que vão para o lixo!! E mais: segundo a FAO – Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura, a comida produzida é suficiente para alimentar todos que habitam o planeta e ainda dar conta do crescimento populacional esperado até 2050.

O caráter desta grande mobilização é ser um evento gastronômico, artístico e musical, que reunirá jovens, estudantes, crianças, idosos, cozinheiros e todos os adeptos da batalha contra o desperdício de alimentos.  Caio Dorigon, líder da Rede Jovem do Slow Food no Brasil e coordenador do evento acrescenta: “A Disco Xepa é também uma ferramenta de transformação, que reúne diversos conhecimentos para a educação e a conscientização”.

Por isso, a ideia é espalhar essas informações para criar ambientes de conscientização contra o desperdício de alimentos em universidades, festivais, feiras, mercados e até em festas particulares. E como isso pode ser feito?

Por meio de bate papos, oficinas, cursos, degustações ou outras atividades. Os voluntários também poderão coletar, lavar, limpar, cortar e cozinhar restos (recolhidos em feiras, por exemplo) de frutas, legumes e verduras, ou qualquer outro alimento que seria jogado fora, como os que não são bonitos ou não estão de acordo com o padrão estético comercial.

No Brasil, eis alguns destaques entre as atividades que serão realizadas:
– São Paulo: vai ter o Comidaço oficina de aproveitamento integral dos alimentos e convivência para multiplicação da Disco Xepa, das 9h30 às 14h, no CRESAN/Banco de Alimentos, na Vila Maria;
– Brasília: a atividade que aproveitará alimentos que iriam para o lixo acontece no Mercado da Agricultura Familiar na Ceasa (SIA), das 9h às 12h;
– Porto Alegre: uma equipe de cozinheiros de cursos de gastronomia como UFCSPA e PUC, vai demonstrar que comida “feia” também é comida boa, às 15h no Solar Coruja;
– Salvador: será realizado piquenique no Farol da Barra, das 16h às 18h.

Para participar, é só consultar o site World Disco Xepa Day e pesquisar os eventos cadastrados. Além de acompanhar a página do evento no Facebook.

Leia também:
Alimentos feios dão oportunidades para pessoas necessitadas na Espanha

Foto: Denise Krebs/Flickr

Mônica Nunes

Jornalista com experiência em revistas e internet, escreveu sobre moda, luxo, saúde, educação financeira e sustentabilidade. Trabalhou durante 14 anos na Editora Abril. Foi editora na revista Claudia, no site feminino Paralela, e colaborou com Você S.A. e Capricho. Por oito anos, dirigiu o premiado site Planeta Sustentável, da mesma editora, considerado pela United Nations Foundation como o maior portal no tema. Integrou a Rede de Mulheres Líderes em Sustentabilidade e, em 2015, participou da conferência TEDxSãoPaulo.

Deixe uma resposta