Vem aí, mais uma Pedalada Pelada!


São Paulo, Rio de janeiro, Belo Horizonte e Porto Alegre vão aderir à 10ª. Pedalada Pelada, edição brasileira do Word Naked Bike Ride (WNBR) como forma de protesto contra a cultura da velocidade e para incentivar o uso de meios de transporte não agressivos.

Será no próximo sábado, 11/3, a partir das 20h. Em São Paulo, o encontro está marcado na Praça do Ciclista. Veja em sua cidade onde o passeio terá início.

Os interessados não precisam aderir à nudez para participar do encontro; a ideia é mostrar, metaforicamente também, a “fragilidade de nossos corpos frente à violência do motor e da velocidade”, diz a organização nas redes sociais.

O corpo nu ou seminu – mote da campanha mundial – é utilizado como cartaz para espalhar mensagens de conscientização, como na foto que abre este post. Representa a vulnerabilidade de ciclistas e pedestres.

E lá fora…

Amsterdam, Londres e Nova York, entre outras cidades pelo mundo, também vão participar da Pedalada Pelada este ano, mas em outra data: 24 de junho. A razão? O clima: a previsão para o próximo sábado, em NY, por exemplo, é de 7 graus negativos.

A organização mundial diz que, ao pedalar sem roupa, é como se os participantes declarassem confiança na beleza e na individualidade de seus corpos. Eles ainda acreditam que a bicicleta é o melhor meio para construir a mudança por um futuro focado na sustentabilidade, na cooperação e na recreação.

Leia também:
5  mil ciclistas fazem emocionante mobilização na Costa Rica 

Foto: Edu Green/Flickr

Jornalista com experiência em revistas e internet, escreveu sobre moda, luxo, saúde, educação financeira e sustentabilidade. Trabalhou durante 14 anos na Editora Abril. Foi editora na Claudia e Boa Forma, no site feminino Paralela, e colaborou com Você S.A. e Capricho. Por oito anos, dirigiu o premiado site Planeta Sustentável, considerado o maior portal no tema pela UNF. Integra a Rede de Mulheres Líderes em Sustentabilidade.

Mônica Nunes

Jornalista com experiência em revistas e internet, escreveu sobre moda, luxo, saúde, educação financeira e sustentabilidade. Trabalhou durante 14 anos na Editora Abril. Foi editora na Claudia e Boa Forma, no site feminino Paralela, e colaborou com Você S.A. e Capricho. Por oito anos, dirigiu o premiado site Planeta Sustentável, considerado o maior portal no tema pela UNF. Integra a Rede de Mulheres Líderes em Sustentabilidade.

Deixe uma resposta