TripAdvisor para de vender pacotes turísticos envolvendo contato com animais

TripAdvisor para de vender pacotes turísticos envolvendo contato com animais

Gigante do turismo online, o portal internacional TripAdvisor anunciou esta semana que deixará de oferecer em seu site pacotes turísticos que incluam atrações onde exista contato físico entre pessoas e animais. A medida foi bastante elogiada por organizações de proteção aos animais.

Por mais que para milhões de turistas no mundo todo, passear sobre um elefante ou tocar e nadar ao lado de golfinhos sejam experiências inesquecíveis, sabe-se que muitas vezes, nos bastidores, para estar junto com humanos, muitos animais sofrem maus tratos e práticas cruéis.

No chocante vídeo, ao final deste post, você assiste a um filme em que um tigre aparece – claramente drogado -, sendo forçado a tirar fotos com turistas num parque de safari na Indonésia.

Segundo a TripAdvisor a política vale para qualquer tipo de atração que ofereça contato físico com animais, estejam eles presos em cativeiro, soltos em áreas selvagens e sobretudo, para espécies ameaçadas de extinção.

“Aplaudimos a decisão da TripAdvisor, ajudando a aumentar a conscientização sobre o tema. O treinamento de elefantes, por exemplo, é brutal e cruel”, afirmou Stephanie Shaw, da organização de defesa aos animais PETA, em entrevista ao jornal The Guardian. Na verdade, a nova política adotada pela empresa de turismo digital se deve justamente a um esforço feito pela PETA, que ficou meses tendo reuniões com executivos da TripAdivsor, para que houvesse mudança de comportamento.

Segundo nota divulgada pela PETA, o portal estaria trabalhando ainda no lançamento de um espaço dedicado para informar e educar turistas sobre a necessidade e importância de proteção dos animais. Só no Facebook, por exemplo, a TripAdvisor tem mais de 10 milhões de seguidores. Em seu website, a companhia tem listadas quase 700 mil atrações turísticas e 375 milhões de pessoas já deixaram comentários postados lá.

O fascínio do homem pelos animais é secular. É muito fácil entender o desejo de se estar perto de criaturas selvagens e fascinantes como leões, girafas, tigres, elefantes e tubarões. Mas infelizmente, para satisfazer os desejos do ser humano – e ganhar dinheiro com isso -, operadoras de turismo exploram animais de maneira inconcebível e inaceitável.

A iniciativa da TripAdvisor não resolverá o problema, mas dá um exemplo a outras operadoras de turismo seguirem o mesmo caminho ético e responsável. No ano passado, mostramos aqui no Conexão Planeta, como o parque Sea World, em San Diego, na Califórnia, famoso pelos shows com animais marinhos, decidiu substituir as apresentações com baleias por experiências educacionais.

A mudança de atitude no turismo depende de todos: empresas do setor que deixem de oferecer esse tipo de atrações, governos que fiscalizem e multem operadoras que sejam responsáveis por manter em cativeiro e mal tratar animais e também, turistas que finalmente se dêem conta do impacto do ser humano sobre o mundo animal.

Foto: domínio público/pixabay

Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante seis anos. Entre 2007 e 2011, morou na Suíça, de onde colaborou para várias publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Depois de dois anos e meio em Londres, acaba de mudar para os Estados Unidos

Suzana Camargo

Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante seis anos. Entre 2007 e 2011, morou na Suíça, de onde colaborou para várias publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Depois de dois anos e meio em Londres, acaba de mudar para os Estados Unidos

Um comentário em “TripAdvisor para de vender pacotes turísticos envolvendo contato com animais

Deixe uma resposta