Marcos Amend

A natureza sempre foi uma paixão para Marcos Amend que, ainda adolescente, passou a observá-la também pelas lentes de uma máquina fotográfica. Assim, aliando o talento fotográfico à conservação do meio ambiente, há 25 anos viaja do Norte ao Sul do Brasil e pelos cantos mais remotos do mundo. Colabora com livros, revistas e bancos de imagens e realiza expedições, cursos e workshops de fotografia outdoor.

3 comentários em “Três é demais!

  • 8 de setembro de 2017 em 8:00 AM
    Permalink

    Ô Marcão, mas aí tem alma, moquirido e da boa!
    Este é o jeito pelo qual os índios afirmam que a foto rouba o espírito, e eles têm razão!
    Pelo registro no papel por sí só, não, mas pela recomposição da cena tal qual aconteceu, onde só o fotógrafo pode fazer, tal qual um xamã, por caminhos que só ele sabe.
    É certo que outros personagens estavam lá, assistindo a cena, mas a alma de verdade, o espírito puro, só chegou até a gente graças aos teus olhos, sinapses e, enfim, aos dedos no teclado, caminho que o índio sabiamente estica pela fala e você, pela letra. Um dia vamos nos encontrar pelaí e quero ouvir um bocado destas almas que te rodeiam. Abração, mano!

    Resposta
    • 10 de setembro de 2017 em 2:12 PM
      Permalink

      Mermão querido, não vejo a hora da gente criar nossas histórias conjuntas de mato, bichos e natureza. Abraço e valeu pelas palavras!

      Resposta

Deixe uma resposta