Terra Consumida: fotógrafo brasileiro quer mostrar paisagens e espécies ameaçadas pelo consumo humano

terra-consumida-projeto-fotografo-brasileiro-800

A presença do homem sobre a Terra não passa despercebida. Infelizmente, não temos vivido de maneira harmônica com a natreza. Retiramos mais do que precisamos. Destruímos e não conservamos. O impacto do ser humano  pode ser sentido na escassez de recursos naturais, no desmatamento das florestas e na extinção de espécies. E pode ser visto em imagens chocantes como a que abre este post, de uma tartaruga presa numa rede.

Com o objetivo de fazer um alerta sobre esse cenário assustador, o fotógrafo Leandro Cagiano quer fazer uma expedição fotográfica para mostrar os impactos da maneira como estamos agindo, e sobretudo, como nosso modo de consumo está afetando espécies e paisagens do mundo inteiro.

Em sua primeira etapa, o projeto Terra Consumida pretende ir até a região do rio Tapajós, na Floresta Amazônica, onde será construído um complexo de usinas hidrelétricas. Caso sejam realmente realmente erguidas, paisagens e espécies deverão desaparecer da região em um curto espaço de tempo.

“Além das barragens que irão compor o complexo, já existem projetos para mais 43 futuras usinas nessa mesma bacia, o que acarretará, provavelmente, no fim da floresta nessa extensa área”, afirma Leandro. “A intenção dessa expedição é indagar a real necessidade de tamanho desflorestamento para a construção dessa estrutura e produção de energia, diante das alternativas renováveis e sustentáveis já disponíveis, como a geração de energia eólica e solar”.

Para conseguir realizar a iniciativa, o fotógrafo está buscando financiamento coletivo através do site Catarse. Leandro quer registrar o que acontece na área, habitat de espécies como o macaco-aranha-da-cara-branca (criticamente ameaçado de extinção), onça, gato-mourisco, anta, ariranha, peixe-boi, tamanduá-bandeira, botos, tartarugas, arara-azul, entre outros animais.

Há dez anos Leandro Cagiano é fotógrafo ambiental. Depois de passar pelo desenho, ilustração, história em quadrinhos, pintura e design gráfico, descobriu a paixão pelo registro das imagens de natureza.  “Encontrei na fotografia uma arte que já havia passado por mim tantas vezes incólume, o preenchimento do vazio. Era a ferramenta que unia as artes visuais e a natureza”, conta.

terra-consumida-projeto-fotografo-brasileiro-2-800

Nos últimos anos, trabalhou para diversas ONGs acompanhando pesquisadores em campo e produziu documentação fotográfica sobre o estuário Lagamar, imensa área de Mata Atlântica, localizada entre São Paulo e Paraná.

“Agora, com o Projeto Terra Consumida, inicio aquilo que considero um renascimento, buscando vida naqueles que serão os nossos últimos olhares sobre esse planeta Terra”, diz.

Se você quer ajudar o fotógrafo neste lindo projeto, acesse já a página do Catarse e faça sua contribuição. Só vai até 31/05. Corre lá, não perde tempo!


Fotos: divulgação Leandro Cagiano

Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante seis anos. Entre 2007 e 2011, morou na Suíça, de onde colaborou para várias publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Depois de dois anos e meio em Londres, acaba de mudar para os Estados Unidos

Suzana Camargo

Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante seis anos. Entre 2007 e 2011, morou na Suíça, de onde colaborou para várias publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Depois de dois anos e meio em Londres, acaba de mudar para os Estados Unidos

Deixe uma resposta