Temperatura mais de 20oC acima da média na Groenlândia choca cientistas

Temperatura mais de 20oC acima do normal na Groenlândia choca cientistas

A imagem acima é impressionante. Parece montagem, mas não é. Foi registrada pelo cientista Steffen M. Olsen, do Instituto Meteorológico da Dinamarca, na Groenlândia na semana passada. O país fica na região ártica, perto do Polo Norte.

A fotografia com os cachorros levando um trenó sobre a água foi tirada no última dia 13 de junho e publicada no Twitter.

Tivemos a difícil tarefa de recuperar nossos equipamentos oceanográficos e estações meteorológicas no gelo marinho no noroeste da Groenlândia este ano. O derretimento rápido e o gelo marinho com baixa permeabilidade e poucas rachaduras deixam a água derretida no topo”, comentaram os pesquisadores dinamarqueses.

Segundo o European Centre for Medium-Range Weather Forecasting, naquele dia, a temperatura na Groenlândia estava 22oC acima da média. Os meteorologistas estimam que a cobertura de gelo na região tenha perdido o equivalente a 2 bilhões de toneladas de água.

O mapa acima mostra a onda de calor sobre a Groenlândia

O degelo da Groenlândia é um fenômeno normal, que acontece anualmente. Todavia, ele geralmente ocorre durante os meses de pico do verão no Hemisfério Norte. O que preocupa os pesquisadores é que ele ocorreu bem mais cedo, no início de junho.

Mudanças climáticas a todo vapor

Em fevereiro do ano passado, também noticiamos aqui algo semelhante. A temperatura no Ártico estava entre 20oC e 30oC acima do normal. No que deveria ser o pico do inverno ártico, cientistas estavam perplexos com a onda de calor que se abateu sobre o continente. Na Sibéria, os termômetros marcaram 35oC além da média para o mês de fevereiro.

“Isto é uma anomalia entre anomalias. É completamente fora de qualquer registro histórico. É alarmante! É uma indicação de que haverá muitas outras surpresas se continuarmos cutucando a “besta” que é o nosso clima”, disse Michael Mann, diretor do Earth System Science Center, da Pennsylvania State University, em entrevista ao jornal The Guardian no ano passado.

Pelo jeito, a besta está definitivamente solta.

Leia também:
Mudanças climáticas são apontadas como a causa da morte de milhares de papagaios-do-mar no Alaska
Aumento da temperatura dos oceanos pode prejudicar a visão, e até, cegar caranguejos, lulas e polvos
Irlanda torna-se segundo país do mundo a declarar crise climática e ambiental
Parlamento britânico é o primeiro do mundo a declarar “emergência ambiental e climática”

Foto: reprodução Twitter Steffen M. Olsen

Suzana Camargo

Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante 6 anos. Entre 2007 e 2011, morou na Suíça, de onde colaborou para publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Depois de dois anos e meio em Londres, vive agora em Washington D.C.

3 comentários em “Temperatura mais de 20oC acima da média na Groenlândia choca cientistas

  • 19 de junho de 2019 em 11:27 AM
    Permalink

    O maior problema é considerar o clima, por exemplo, como a besta. Erro cometido pelo próprio Michael Mann, diretor do Earth System Science Center.
    Nós somos a besta destruidora e a nós, seres bestiais, cabe diminuir e, principalmente, regenerar o dano causado a nós mesmos, pois somos parte do macro-organismo conhecido como Terra.

    Resposta
    • 20 de junho de 2019 em 2:10 PM
      Permalink

      Você tem toda razão, Jaylei!

      Resposta
  • 20 de junho de 2019 em 5:53 AM
    Permalink

    O orgulho, a ganância e o poder do ser humano, está tornando o planeta insustentável.

    Resposta

Deixe uma resposta