Como apagar tanto dedo de violência?

Dedo que germina como erva daninha do abuso. Dedo que puxa o gatilho do revólver no assassinato. A instalação De(do)núncia, da artista Roberta Beatriz Aquino, fala do último grau dessa violência espalhada por todos os cantos: o feminicídio

Ler mais

Para não engavetar o tempo

Tantas construções que nos engavetam… E nos desconectam da natureza… O coletivo cubano Los Carpinteros as codifica assim. Em aquarela, em madeira, em sentimento de opressão civilizatória mais do que metafórica

Ler mais