Leite e fralda para uma alma

Foi ali que ele me abordou, bem na esquina. Ele, magrinho, veio de bicicleta com esse quadro pendurado no ombro. Era uma porta de armário que achou numa caçamba qualquer. Uma outra porta como essa – ele me lembrou – pode estar, agora, atravancando mais lixo num rio da cidade

Ler mais

F.O.D.A.

A obra do chinês Ai Weiwei resume bem o que dá vontade de dizer quando a gente vê o que continua acontecendo nesse Brasil. Ele usou elementos que se encontram com facilidade na nossa terra para desabafar: Fruta-do-conde, Ostra, Dendê e Abacaxi

Ler mais

Um orelhão de elefante

Hoje na hora do almoço tinha fila no orelhão. O fato é que gostei de ficar na fila. O orelhão é grande. É daqueles do tamanho da orelha de amigo que sabe quando o outro precisa ser ouvido. Me lembrei então da obra linda da artista catarinense Maria Raquel Stolf: “Sou toda ouvidos”

Ler mais

O banco das rosas. O banco das farpas.

As fotos do artista paulista W.Camacho impressionam pela beleza que encontram no menos, no mais dolorido, no pequeno, na falta, na ausência. Escancaram a vontade de preencher. Fazem bagunça no vazio. Transformam o movimento barulhento em silêncio pacato

Ler mais

Árvores… ou a falta delas

A cidade se esvazia em cinza e concreto. Se enche de gás carbônico e raízes de troncos cortados para dar lugar às calçadas lisinhas. Será que teremos frutos saudáveis? Precisamos. Esperamos…

Ler mais

Mordendo a chuva

Obras do artista baiano Marcos Zacariades mostram a desconstrução do meio ambiente: a destruição da floresta e os atentados sucessivos contra a natureza

Ler mais