Rio São Francisco está contaminado com rejeitos da barragem de Brumadinho

Quase três meses após a tragédia, que matou mais de 300 pessoas, relatório da Fundação SOS Mata Atlântica revela que danos ambientais são ainda piores do que os divulgados até o momento

Ler mais

Contaminação do rio Paraopeba já chega a mais de 300 km e atinge 16 municípios

Exatamente um mês após rompimento da barragem da Vale, em Brumadinho, danos ambientais continuam a aumentar: água do Paraopeba não deve ser usada para qualquer finalidade

Ler mais

Corais de Abrolhos sofreram impacto de metais pesados da lama da Samarco (Vale)

Segundo equipe da UERJ, responsável por estudo, o dano é irreparável, devido à extensão atingida. Agora cientistas farão monitoramento para descobrir qual vai ser a resposta biológica dos corais à contaminação

Ler mais

Contaminação do rio Paraopeba com rejeitos de minério já chega a 90 km de Brumadinho

O nível de oxigênio na água está baixíssimo, impossibilitando a vida de peixes e micro-organismos no Paraopeba. Os resíduos têm grande concentração de ferro e metais pesados, que asfixiam o rio

Ler mais

Descoberto novo duto ilegal da mineradora norueguesa no Pará

Canal irregular era usado para despejar efluentes sem tratamento no rio. Para piorar a situação ainda mais, líder comunitário que denunciava atividades da Hydro Alunorte foi assassinado a tiros esta semana

Ler mais

Dois anos depois, minério da Samarco ainda contamina água do Espírito Santo, Bahia e Rio de Janeiro

Em Abrolhos, novo monitoramento revelou expressivo aumento na concentração de metais na água, especialmente o ferro dissolvido, causador de maior proliferação de microalgas marinhas

Ler mais

E aí, Samarco?

“Aguardo há mais de um mês um pronunciamento em rede nacional dos responsáveis pelo assassinato do Rio Doce: Samarco”, protestou o ator Mateus Solano nas redes sociais

Ler mais

Mar de lama tóxica avança pela costa do Espírito Santo

Proveniente de um dos maiores desastres ambientais brasileiros, a lama de rejeitos de mineração continua deixando seu rastro de destruição por onde passa. Já se deslocou 30 km ao norte da foz do Rio Doce, em Regência, no Espírito Santo

Ler mais