Solar Impulse levanta voo para continuar viagem de volta ao mundo

solar impulse

*Post atualizado em 26/04/2016

Depois de ficar nove meses em manutenção em um hangar no Havaí, o Solar Impulse, avião suíço movido exclusivamente com energia solar, levantou voo em direção a Mount View, na Califórnia. Serão aproximadamente 62 horas de voo – quase três dias -, em que o piloto Bertrand Piccard sobrevoará o Oceano Pacífico.

Esta é a nona etapa da aventura, que começou em março de 2015, com a decolagem do avião solar em Abu Dhabi, nos Emirados Árabes Unidos. Em seguida, o Solar Impulse pousou na Índia, Miamar, China e do Japão fez um voo histórico, em julho de 2015, quando o outro piloto e co-idealizador do projeto, André Borschberg, ficou no ar, durante 4 dias, 21 horas e 51 minutos, para atravessar o Oceano Pacífico até chegar ao Havaí.

Por causa do longo tempo no ar, muitas das baterias solares sofreram superaquecimento e por esta razão, o Solar Impulse teve que ser consertado nos últimos meses.

As próximas paradas, após a Califórnia, serão na costa oeste dos Estados Unidos e na Europa, até o que o avião volte ao seu ponto de partida, completando assim uma volta ao mundo.

Piccard e Borschberg sabem que dificilmente será possível ter aviões comerciais voando somente com a energia do sol em um futuro próximo, mas acreditam no potencial das energias limpas e renováveis, como a solar, para reduzir a emissão de gases de efeito estufa na superfície terrestre, como o dióxido de carbono (CO2), um dos principais responsáveis pelo aquecimento global.

O avião suíço não é a primeira aeronave movida pela energia do sol a fazer um voo bem sucedido, mas é a primeira a voar durante dias e noites seguidos sem utilizar uma gota de combustível fóssil.

*O Solar Impulse pousou em Mountain View pouco antes da meia-noite do domingo, 24/04. Percorreu uma distância de 4.500 km e voou a uma velocidade média de 65 km/h. 

As dimensões do Solar Impulse

Velocidade máxima: 80 km/h
Envergadura das asas: 72 metros (igual a de um Boeing 747-8I)
Peso: 2.300 kg
Altura: 6,40 m
Velocidade de cruzeiro: 70 km/h
Altitude máxima: 8.500 m
Células solares: 17.000
Motores: 4


Leia também: 
Avião movido a energia solar e biocombustível fará travessia do Atlântico
O Hyperloop vem aí!
Um carro com teto solar: de verdade

Foto: divulgação Solar Impulse

Suzana Camargo

Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante 6 anos. Entre 2007 e 2011, morou na Suíça, de onde colaborou para publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Depois de dois anos e meio em Londres, vive agora em Washington D.C.

Um comentário em “Solar Impulse levanta voo para continuar viagem de volta ao mundo

Deixe uma resposta