Semáforos inteligentes irão priorizar ônibus e bicicletas nas ruas de Copenhague

ciclistas em suas bicicletas em Copenhague

É algo impressionante. E fenomenal. Só aplaudindo mesmo. Na capital da Dinamarca, existe rush hour de bicicletas – horários em que as ruas ficam congestionadas com o tráfego de bikes (como você pode ver no vídeo ao final deste post).

Atualmente, 45% dos moradores de Copenhague usam bicicleta para ir ao trabalho ou à escola. Diariamente, 63% da população pedala para chegar a algum lugar. Mas nem sempre foi assim. Há 40 anos, a capital da Dinamarca sofria com o trânsito infernal de carros. Mas uma política pública que incentivou a utilização do transporte sustentável e conscientizou a população sobre seus benefícios conseguiu reverter este cenário.

Recentemente, a prefeitura de Copenhague anunciou nova medida para estimular ainda mais o uso da magrela. A companhia de tráfego vai instalar 380 semáforos inteligentes para melhorar o fluxo de bicicletas e ônibus na cidade. A iniciativa faz parte do Transport Systems Action Plan. A estratégia é aumentar a porcentagem de ciclistas e reduzir o tempo de jornada dos mesmos, ou seja, dar mais velocidade às bikes.

Estima-se que com o novo sistema os trajetos de ônibus ficarão até 20% mais rápidos e os de bicicleta 10%. E como isso será feito? No caso dos ônibus, eles conseguirão se comunicar em tempo real com a companhia de tráfego e enviar detalhes como localização geográfica, número de passageiros e paradas programadas. Com estes dados, será possível programar os semáforos para ficarem verdes por até mais 30 segundos e assim permitir que o transporte público se locomova de maneira mais rápida.

Os semáforos inteligentes também vão agilizar o percurso das bicicletas por Copenhague. Desde 2007, a capital já tem as chamadas green waves for bicycles, ciclovias desenvolvidas para que o ciclista encontre sinal verde durante todo seu trajeto, através de semáforos coordenados.  Nelas, o ciclista consegue manter uma velocidade constante, de em média 20 km/h. O sistema é planejado para funcionar no sentido do centro da cidade no período da manhã e no caminho inverso ao final do dia. A ideia é que a partir de agora, sensores monitorem o número de bicicletas e mantenham o sinal verde aberto por mais tempo ainda, caso se faça necessário.

“O sistema irá assegurar que o trânsito flua melhor para que o maior número de pessoas possível possa economizar tempo, de maneira mais sustentável”, afirmou Morten Kabell, secretário de Meio Ambiente e Transportes de Copenhague. “Isso signifca que os moradores da cidade reduzirão o tempo gasto para ir e voltar do trabalho, o que é bom para seus negócios. Copenhague quer ser um laboratório em que novas soluções são desenvolvidas”.

O investimento no transporte público e em soluções verdes faz parte de um plano maior da capital da Dinamarca para atingir a meta estabelecida de tornar Copenhague uma cidade carbono neutro até 2025.

Confira abaixo vídeo que mostra o tráfego intenso de bicicletas nas ruas dinamarquesas:


Foto: Amsterdamized/Creative Commons/Flickr

Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante seis anos. Entre 2007 e 2011, morou em Zurique, na Suíça, de onde colaborou para diversas publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Info, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Atualmente vive em Londres.

Suzana Camargo

Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante seis anos. Entre 2007 e 2011, morou em Zurique, na Suíça, de onde colaborou para diversas publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Info, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Atualmente vive em Londres.

3 comentários em “Semáforos inteligentes irão priorizar ônibus e bicicletas nas ruas de Copenhague

Deixe uma resposta