Sandra de Sá, negra com muito orgulho!

sandra de sá

Novembro é o mês da Consciência Negra no Brasil. Um período pra discutir a situação dos negros, derrubar barreiras, ajustar arestas, buscar formas de diminuir o preconceito e seus efeitos.

País afora são inúmeros eventos com esta finalidade. Esta semana, em Curitiba, a cantora Sandra de Sá participou de uma homenagem a personalidades negras. Ela subiu no palco do Guairão e “lacrou”, gíria usada pra quem mandou muito bem, com sua voz potente e toda a energia que tem.

Depois Sandra conversou rapidamente com o Canal Brasil de Cor. Falou sobre a importância de dar espaço pra discutir a situação dos negros e que, infelizmente, o racismo está em todo o lugar. Mas ela também fez um alerta para as vítimas de plantão. Os negros não podem se abater diante de ofensas por serem chamados disso ou daquilo.

“A gente não tem tempo pra ficar pensando nestas paradas, não!”. A frase termina com uma gargalhada. Não é a toa que Sandra de Sá é a rainha do Soul Brasileiro.

Confira a entrevista completa abaixo:

Foto: reprodução Facebook Sandra de Sá

Jornalista há 30 anos, é formado em Comunicação Social na Universidade Federal do Paraná. Em 1986, começou a carreira em televisão, primeiro como repórter e mais tarde, editor e apresentador. Trabalhou nas Redes Globo e Record. Em 2015, montou sua própria empresa, a Sobrequasetudo Comunicação e Arte, especializada em media training. Em 2017, criou o Brasil de Cor, um canal para dar oportunidade e visibilidade a negros brasileiros

Herivelto Oliveira

Jornalista há 30 anos, é formado em Comunicação Social na Universidade Federal do Paraná. Em 1986, começou a carreira em televisão, primeiro como repórter e mais tarde, editor e apresentador. Trabalhou nas Redes Globo e Record. Em 2015, montou sua própria empresa, a Sobrequasetudo Comunicação e Arte, especializada em media training. Em 2017, criou o Brasil de Cor, um canal para dar oportunidade e visibilidade a negros brasileiros

Deixe uma resposta