Sacolas e garrafas plásticas são banidas da rede de lojas Selfridges, em Londres

selfridges-bane-garrafas plásticas-1Como parte de uma campanha para despoluição dos oceanos, uma das mais elegantes lojas de departamentos de Londres, a Selfridges, proibiu a venda de garrafas plásticas e a utilização de sacolas do mesmo material em toda a sua rede.

Desde início de julho, quem quiser beber água durante as compras, tem que levar sua própria garrafa abastecida. Na loja da Oxford Street, ainda é possível enchê-la na fonte que foi instalada na praça de alimentação (foto).

De acordo com a administração da empresa, por ano, em seus restaurantes e praças de alimentação, eram consumidas cerca de 400 mil garrafas de plástico.

A ação de conscientização faz parte da campanha The Selfridges Project Ocean,  promovida pela rede em parceria com a Zoological Society of London (ZSL), Blue Marine Foundation, Marine Conservation Society, Greenpeace e The PEW  Charitable Trusts, que alerta sobre o descarte de plástico nos oceanos: são 8 milhões de toneladas por ano! Basta lembrar que, no Oceano Pacífico, flutua uma ilha de plástico do tamanho do estado do Texas, nos Estados Unidos.

Segundo dados da campanha, 60% a 80% de todo lixo marinho é plástico e a produção mundial é de 400 milhões de toneladas/ano, sendo que apenas 10% desse montante é reciclado. Esse lixo ameaça a vida marinha e contamina o alimento que vem dos oceanos.

Belíssima iniciativa! Que pode ser copiada por outros estabelecimentos, pelo mundo, já.

Foto: Divulgação

Jornalista com experiência em revistas e internet, escreveu sobre moda, luxo, saúde, educação financeira e sustentabilidade. Trabalhou durante 14 anos na Editora Abril. Foi editora na Claudia e Boa Forma, no site feminino Paralela, e colaborou com Você S.A. e Capricho. Por oito anos, dirigiu o premiado site Planeta Sustentável, considerado o maior portal no tema pela UNF. Integra a Rede de Mulheres Líderes em Sustentabilidade.

Mônica Nunes

Jornalista com experiência em revistas e internet, escreveu sobre moda, luxo, saúde, educação financeira e sustentabilidade. Trabalhou durante 14 anos na Editora Abril. Foi editora na Claudia e Boa Forma, no site feminino Paralela, e colaborou com Você S.A. e Capricho. Por oito anos, dirigiu o premiado site Planeta Sustentável, considerado o maior portal no tema pela UNF. Integra a Rede de Mulheres Líderes em Sustentabilidade.

Deixe uma resposta