Sábado é dia de apagar as luzes na Hora do Planeta 2018

Sábado é dia de apagar as luzes na Hora do Planeta 2018

Uma hora no escuro. Apenas 60 minutos. Pode não parecer nada, mas é um ato simbólico pelo planeta. A iniciativa, criada em 2007, em Sidney, na Austrália, já completa mais de uma década e a cada ano, engaja mais e mais cidades ao redor do mundo.

O movimento envolve milhões de pessoas, nos cinco continentes da Terra, que se inspiram para fazer parte das ações em prol do meio ambiente e entender como nossas ações diárias afetam a vida do planeta.

Este ano, a Hora do Planeta será realizada no sábado, 24 de março. As luzes devem ser apagadas a partir das 20h30, no horário local de cada cidade, e permanecer assim durante uma hora.

Dezenas de municípios brasileiros e quase 300 monumentos já confirmaram participação na ação. Entre eles, estão as maiores cidades do país, com São Paulo, que terá o desligamento da Fonte Multimídia, no Parque Ibirapuera; Rio de Janeiro, com o Cristo Redentor, o Pão de Açúcar e Bondinho; Brasília, com o prédio da Câmara dos Deputados; além de muitas outras.

“As cidades ou empresas começam na Hora do Planeta desligando as luzes e, nos anos seguintes, já querem fazer um pouco mais, como uma caminhada ou uma feira voltada para a sustentabilidade. É um evento muito gostoso e que traz um apelo ambiental forte, ainda mais com os efeitos das mudanças do clima cada vez mais evidentes no nosso dia-a-dia”, destaca Mauricio Voivodic, diretor-executivo do WWF-Brasil.

Entre as ações locais que serão promovidas durante a Hora do Planeta 2018 estão um evento em Manaus, que todo ano promove atividades na Lagoa Senador Arthur Virgílio Filho; em Recife, no Cais do Imperador, com apresentação da Orquestra Sinfônica local; em Barueri, interior de São Paulo, que preparou uma pedalada com saída no estacionamento do Ginásio José Corrêa e em Fernando de Noronha, que terá uma ação limpeza de praia e de conscientização à geração de lixo na parte da manhã com caminhada com observação das estrelas à noite.

No site do WWF-Brasil há um Guia do Participante da Hora do Planeta, com ideias do que fazer, entre 20h30 e 21h30 do próximo sábado.

No dia 24/03, também será lançada uma nova campanha da organização, a #ConectadoNoPlaneta, que trará toda semana, até o final de 2020, histórias de pessoas comuns, que em algum momento decidiram mudar algo em suas vidas e hoje vivem de forma mais conectada com a natureza.

Então, se junte a essa grande corrente pelo planeta e sábado, às 20h30, esteja onde estiver, apague as luzes!

Foto: © Valeriya K / WWF-Azerbaijan

Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante seis anos. Entre 2007 e 2011, morou na Suíça, de onde colaborou para várias publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Depois de dois anos e meio em Londres, acaba de mudar para os Estados Unidos

Suzana Camargo

Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante seis anos. Entre 2007 e 2011, morou na Suíça, de onde colaborou para várias publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Depois de dois anos e meio em Londres, acaba de mudar para os Estados Unidos

Deixe uma resposta