Restaurantes japoneses do Rio aderem à campanha de pesca sustentável

Restaurantes japoneses do Rio aderem à campanha de pesca sustentável

Sempre ouvimos falar que o peixe é um dos alimentos mais saudáveis da nossa dieta. Encontrado em abundância em rios e oceanos, ele faz parte de um estilo de vida sustentável. Certo? Nem sempre…

Nas últimas décadas, o ser humano retirou dos oceanos mais peixes do que deveria. É o que chamamos de “sobrepesca”. E aos poucos, o que antes acreditávamos ser abundante, deixou de ser. Muitas espécies estão ameaçadas de extinção.

Mas entre 26 e 31 de julho, os cariocas vão poder se deliciar com combinados japoneses preparados com tainhas rastreadas da Lagoa de Araruama, da região dos Lagos, no Rio.

A campanha Crush+Sustentável é uma iniciativa da organização ambiental Conservação Internacional (CI-Brasil) em parceria com o  aplicativo de delivery de culinária japonesa JAPP. Chefs de 17 restaurantes cariocas foram desafiados a criar peças, apelidadas de Crushes, que serão elaboradas com peixes sustentáveis e chegarão como cortesia para o cliente do aplicativo. 1% das vendas vai para programas de pesca socialmente responsável da CI-Brasil.

Os consumidores poderão atestar a sustentabilidade dos pratos através de um QR Code que acompanha o Crush+Sustentável. Ali estarão origem, data da pesca, características da espécie e até uma mensagem do pescador agradecendo a escolha responsável.

Criado em 2014, o Programa Pesca + Sustentável da entidade tem como objetivo incentivar práticas de manejo adequadas que conservem as espécies e o ecossistema, além de valorizar as comunidades para que se beneficiem desse desenvolvimento.

Só na região da Lagoa de Araruama, em São Pedro da Aldeia, a 120 Km do Rio, 600 famílias vivem da pesca da tainha. A atividade existe há mais de 300 anos e este é um dos pescados trabalhados no Pesca + Sustentável.

“Aproximar quem produz e quem consome pescado mais sustentável é fundamental para que o consumidor tenha acesso a estes produtos e tenha consciência da importância de suas escolhas para a sobrevivência das espécies e dos mares”, afirma Guilherme Dutra, diretor de Estratégia Costeira e Marinha da CI-Brasil.

No Brasil todo, o programa Pesca + Sustentável atua junto a 5 mil famílias pesqueiras no Rio de Janeiro, Pará e Bahia.

Os restaurantes cariocas que participarão da campanha Crush+Sustentável são os seguintes: Azumi (Copacabana), Aloha (Copacabana), Deusimar (Leblon), Ipiatti (Barra da Tijuca/ Botafogo), Japa B (Jardim Botânico), Ki (Lagoa), Konomi Ai (Recreio), Lapamaki (Copa/Centro/Ipanema), Mitsuba (Tijuca), Samurai San (Flamengo), Sushi Rio (Botafogo), Tropical (Barra da Tijuca), Togu (Leblon), Toruk (Copacabana) e Yumê (Jardim Botânico).

Leia também:
Artistas tiram a roupa em protesto contra a sobrepesca na Europa
Couro de pirarucu brasileiro ganha prêmio internacional
Couro de pirarucu é para vestir, calçar ou usar a tiracolo e não para jogar fora
Vendidos como cação, tubarão e raia ameaçados de extinção vão parar no prato dos brasileiros


Foto: divulgação campanha Crush+Sustentável 

Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante seis anos. Entre 2007 e 2011, morou em Zurique, na Suíça, de onde colaborou para diversas publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Info, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Atualmente vive em Londres.

Suzana Camargo

Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante seis anos. Entre 2007 e 2011, morou em Zurique, na Suíça, de onde colaborou para diversas publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Info, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Atualmente vive em Londres.

Deixe uma resposta