Resolução de Ano Novo: 365 motivos para estar ao ar livre, com a natureza

Faltando poucos dias para encerrar o ano, enquanto fazemos um balanço do que passou, naturalmente fazemos também nossos primeiros planos para o ano que chega. É um tempo em que passado, presente e futuro se reunem com mais intensidade.

E é inevitável pensar em mudanças para o próximo ano: O que queremos? De que precisamos?

Muitas vezes, imaginamos empreender mudanças em situações ou coisas que não estão ao nosso alcance direto. E elas ficam distantes e nos poupam da responsabilidade de torná-las reais. Também podemos desejar mudanças na política, na educação, na saúde, nas dinâmicas sociais… E, como as eleições estão chegando, é muito importante dialogar e refletir bastante antes de fazer as escolhas.

Por outro lado, há mudanças enormes que podemos fazer em e por nós mesmos, apenas incluindo novos gestos, novas iniciativas, novos ritmos, novos horários e novas relações no cotidiano. Nesse sentido, perguntamos à você: Que tal incluir entre as resoluções de Ano Novo mais tempo ao ar livre e em contato com a natureza? E se você ousar um pouco mais e sonhar com que esse contato diário? 

Será que vai ser possível? Mas mais do que desejar é preciso se organizar para que as coisas aconteçam.

Você pode se perguntar: O que eu faço hoje que consome meu tempo e eu não percebo? Podemos tentar responder, já: É bem provável que o tempo utilizado em redes sociais e em frente a telas pode diminuir e ser substituído por minutos ao ar livre. Isso mesmo! E quando propomos um momento diário ao ar livre estamos falando de 15 a 20 minutos.

Começar com pequenas doses diárias de ‘ao ar livre’, garantindo a qualidade desse momento, pode ser um jeito efetivo de criar uma nova rotina. Pequenas doses diárias de natureza já podem modificar o dia a dia, alterando positivamente a saúde, o estado mental, a percepção, a criatividade.

Quando percebemos tantos benefícios ao estar e brincar com a natureza, nos damos conta também de que temos mais motivações que dificuldades para que essas mudanças aconteçam, e esses momentos podem passar a ser percebidos como prioridade.

15 minutos diários do lado de fora e em contato com a natureza podem trazer benefícios para saúde, especialmente por conta da brincadeira, do ar fresco e da exposição ao sol. Isso motiva as crianças a brincarem livremente e a exercitar sua criatividade; permite que a família tenha momentos juntos, se conheça mais e ainda possa reparar nos ciclos da natureza.

Você pode começar com caminhadas pelo bairro, no jardim de sua casa ou prédio, um piquenique, ler um livro na praça. Existem muitas atividades da nossa rotina que podem apenas ser transferidas de local.

Nossa resolução de Ano Novo é ter 365 motivos para brincar e ser um com a natureza! Quem vem com a gente?

Foto: Rita Mello

Ana Carolina é pedagoga, especialista em psicomotricidade e educação lúdica, e trabalha com primeira infância. Rita é bióloga e socióloga, ministra cursos, vivências e palestras para aproximar crianças e adultos da natureza. Quando se conheceram, em 2014, criaram o projeto “Ser Criança é Natural” para desenvolver atividades com o público. Neste blog, mostram como transformar a convivência com os pequenos em momentos inesquecíveis.

Ana Carolina Thomé e Rita Mendonça

Ana Carolina é pedagoga, especialista em psicomotricidade e educação lúdica, e trabalha com primeira infância. Rita é bióloga e socióloga, ministra cursos, vivências e palestras para aproximar crianças e adultos da natureza. Quando se conheceram, em 2014, criaram o projeto "Ser Criança é Natural" para desenvolver atividades com o público. Neste blog, mostram como transformar a convivência com os pequenos em momentos inesquecíveis.

Deixe uma resposta