Reino Unido terá maior fazenda eólica do mundo

image

Vento é o que não falta no Reino Unido. Nem chuva. Por isso mesmo, o país decidiu tomar proveito de uma de suas maiores riquezas naturais e investir na produção de energia limpa. A empresa dinamarquesa Dong Energy anunciou a construção do que deve ser a maior usina eólica offshore (no mar) do mundo.

Chamado de projeto Hornsea, as turbinas eólicas serão instaladas na costa de Yorkshire, no noroeste da Inglaterra. A estimativa da companhia é que a planta terá capacidade para produzir 1,2 gigawatts (GW), volume este que atenderá a demanda por eletricidade de aproximadamente 1 milhão de casas.

Atualmente a maior usina eólica do mundo gera em torno de 1,2 GW. Hornsea terá 400 turbinas trabalhando com a força do vento, cada uma delas com 190 metros de altura. “Este projeto garantirá segurança e energia limpa para o país, a criação de empregos e o desenvolvimento de novas tecnologias”, afirmou Amber Rudd, secretário de Estado para Energia e Mudanças Climáticas.

O custo total da obra será gigantesco, entre £6 e £8 bilhões. O complexo ficará localizado a 120 km da costa, em uma área maior que o país europeu de Malta. Para poder levar a energia produzida até o continente, serão construídos 900 km de cabos. A expectativa da Dong Energy é que a maior planta eólica do mundo entrará em operação completa em 2020.

Assista abaixo ao vídeo que mostra como funcionará o projeto Hornsea:


Leia também:
Dinamarca bate novo recorde mundial: 42% da energia produzida no país é eólica
Lego inaugura fazenda eólica para reduzir impacto ambiental
Aquecimento global reduzirá oferta de energia no mundo todo

Foto: Divulgação/Dong Energy

Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante seis anos. Entre 2007 e 2011, morou em Zurique, na Suíça, de onde colaborou para diversas publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Info, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Atualmente vive em Londres.

Suzana Camargo

Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante seis anos. Entre 2007 e 2011, morou em Zurique, na Suíça, de onde colaborou para diversas publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Info, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Atualmente vive em Londres.

5 comentários em “Reino Unido terá maior fazenda eólica do mundo

Deixe uma resposta