Rede de hoteis vai reciclar 1 milhão de sabonetes usados para doá-los a comunidades carentes

sabonetes

Não há dúvida de que ainda há muito desperdício no setor hoteleiro. Toalhas e lençóis lavados bem mais do que o necessário, oferta de sabonetes, xampus e cremes que, invariavelmente, acabam indo para o lixo com pouco uso.

Felizmente, algumas redes de hotéis já se deram conta de que isso é uma afronta nos dias de hoje. Não só pelos gastos econômicos totalmente desnecessários (enquanto milhões de pessoas no mundo ainda passam fome ou não têm acesso à água potável ou energia elétrica), mas também, pelo enorme impacto ambiental que atitudes como essas têm.

Esta semana, a cadeia Hilton Hotels & Resorts, que tem 575 hotéis no mundo todo, anunciou o lançamento de um desafio, em parceria com a organização Clean The World, que coleta, separa e processa produtos de higiene usados, que teriam descartados no lixo (leia mais sobre o trabalho da ONG nesta outra matéria ).

O objetivo da rede Hilton é que, até 15 de outubro, com os sabonetes reciclados de seus hotéis, 1 milhão de novos sejam fabricados.

A empresa tem uma meta de reduzir em 50% seu impacto ambiental e dobrar seu investimento social em comunidades carentes até 2030.  

Estima-se que 2 milhões de barras de sabonete, parcialmente utilizadas, sejam jogadas fora – por dia -, em hotéis dos Estados Unidos. Enquanto isso, bilhões de pessoas não têm acesso à mínimas condições de higiene.

“Cerca de 2,3 bilhões de pessoas no planeta não têm saneamento básico e mais de 3.500 crianças morrem de doenças evitáveis relacionadas à higiene todos os dias”, destaca Shawn Seipler, CEO da Clean The World.

Ao longo dos últimos dez anos, a parceria entre a organização e a cadeia Hilton já fez com que 7,6 milhões de sabonetes fossem distribuídos para comunidades carentes, em 127 países. Com isso, 397 mil toneladas de sobras de produtos higiênicos deixaram de ser descartadas em aterros sanitários.

sabonetes

Segundo a Clean The World, com um único sabonete é possível lavar as mãos 180 vezes. É muita coisa, não?

Chega de desperdício! Viva a reciclagem e o reaproveitamento!

P.S. Muitos hotéis já adotam um sistema em que colocam xampus e sabonetes líquidos em recipientes colados na parede e com isso, só os reabastecem quando necessário. Com certeza, a medida também ajuda a evitar o desperdício!

Fotos: divulgação Hilton/Clean The World

Suzana Camargo

Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante 6 anos. Entre 2007 e 2011, morou na Suíça, de onde colaborou para publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Depois de dois anos e meio em Londres, vive agora em Washington D.C.

Deixe uma resposta