Quintal de Trocas cria campanha de crowdfunding para ampliar plataforma e ação pelo país. Só até 15/1!

quintal-de-trocas-crowdfunding-800

Quando Carolina Guedes levou sua filha Maria Beatriz, de dois anos, a uma feira de trocas de brinquedos, não imaginava que daria início a uma revolução em sua vida. E na vida de sua filha e de muitos pais e crianças pelo Brasil. Ficou tão encantada com o que viu: a relação entre as crianças ao trocarem seus brinquedos, as conversas, o olhar atento e surpreso de outros pais. Também se deu conta da importância do momento de escolha do brinquedo que a pequena Maria levaria à feira…

Foi assim, em 2012, que surgiu a ideia de criar uma plataforma para manter viva a ideia e a prática de trocar brinquedos pelo país. O site começou a ser elaborado e desenhado em 2013. Carol conversou com diversas pessoas que conhecia e outras que ficou conhecendo, de áreas diversas como psicólogos, professores, pedagogos, além de outros pais.

carol-guedes-e-sua-filha-maria-beatriz-quintal-de-trocas-800-Em fevereiro de 2014, lançou o Quintal de Trocas, plataforma que conecta crianças do país todo que, em vez de comprar, querem trocar brinquedos, jogos, livros e fantasias pelos quais não se interessam mais, além de conhecer outras crianças. E tudo isso brincando e de graça. Em uma das etapas anteriores à troca, os pequenos trocam cartas. Imaginou?

“Meu intuito era construir um mundo melhor para minha filha. Mas só muito depois me dei conta de que meu sonho era o sonho de outras tantas mães, pais e famílias”, conta Carol (com a filha na foto acima). “Foi muito incrível trabalhar em algo que eu acreditava e perceber que não estava sozinha. Além disso, quando as crianças trocam um brinquedo, um livro, um jogo, praticam a economia compartilhada desde cedo, e brincando. Elas tomam à frente nisso: na escolha, na troca, na negociação”.

O lançamento foi um sucesso e ela imaginava que dedicaria apenas uma hora por dia ao projeto e continuaria tocando sua vida normalmente. Mas, o Quintal cresceu e começou a exigir a dedicação de muito mais horas: 8h, 10h, madrugadas e finais de semanas.

Eu Brinco no Quintal: ação engajou pais e educadores e só cresce

Tudo muito lindo e muito produtivo – “um grande aprendizado!” –, mas Carol percebeu também que o projeto precisava se transformar para seguir adiante. “Precisava trabalhar COM as pessoas e não PARA elas”. Então, resolveu criar uma campanha para ajudar a repensar os hábitos de consumo na infância e gerar novos.

Com o nome Eu Brinco no Quintal, a ação foi lançada no Dia do Consumo Consciente, 15/10. Assim, Carol convidou pais e profissionais que trabalham com crianças de 0 a 12 anos a sonhar o melhor presente que poderiam dar a seus filhos, a eles mesmos, a todos que participavam da campanha e ao planeta.

Todos os interessados se cadastraram – foram 3.500 – e participaram de hangouts ou encontros presenciais em escolas públicas e privadas. Muitos problemas foram levantados, mas as soluções foram encontradas também. E o melhor: em conjunto. Entre as ações desejadas estavam:
– estar mais presente na educação dos filhos;
– criar uma cultura sustentável dentro e fora de casa para poder usufruir da abundância em ser e não em ter;
– ajudar a tornar famílias, crianças, escolas e comunidades mais atuantes; e
– criar uma nova plataforma para disseminar tudo isso e ainda manter a prática da troca e da doação, mas, em alguns casos, da venda e da compra de brinquedos, livros, jogos e fantasias de segunda mão.

Sem perceber, a mãe da Maria Beatriz criou um grande movimento, que continua. Quem quiser participar pode se inscrever no site. Para saber mais, é só assistir ao vídeo. Ficou claro que todos os participantes querem criar um mundo melhor para seus filhos e, para isso, é necessário criar novas conexões, novas relações e vínculos.

A nova plataforma do Quintal de Trocas é o início desse caminho. A ideia é replicar tudo que foi “colhido” durante a primeira fase dessa ação. E, para isso, não dá mais pra contar com recursos próprios. Nada melhor, então, do que recorrer a uma campanha de crowdfunding. E foi o que Carol fez.

Tudo ou nada!

Agora, faltam poucos dias para a campanha de financiamento coletivo terminar: vai até 15/01. Com um detalhe: é tudo ou nada! Se a Carol não conseguir o valor que o projeto precisa – R$ 11 mil -, ela perde o que já foi arrecadado até agora: R$ 6.125, ou seja, 56% do total.

O financiamento vai de R$ 10 a R$ 9 mil. Ou seja, é para todos os bolsos. E as recompensas são bem interessantes: desde um simples agradecimento até livros da Editora Peirópolis, cadernos, box com filmes da Maria Farinha Filmes (Tarja Branca, Muito Além do Peso e Criança: A Alma do Negócio), participação em palestras sobre consumo consciente, entre outras. Mas não pense que quem ganha o livro e o caderno, ficam só na leitura! O benfeitor é convidado a lê-lo e a escrever suas impressões no caderno que o acompanha e trocá-los com uma criança numa próxima oportunidade. E a prática não para. Muito legal, né?

Se você ainda não se convenceu, dá uma olhada no Facebook do Quintal de Trocas. Lá, pais que apoiam a campanha registram suas razões para aderir.

Quer saber mais? Assista ao vídeo abaixo, no qual Carol e Maria Beatriz explicam como foi criado o projeto e para que precisam da ajuda de todos para continuar.

Imagem: Reprodução – Foto: Camila Sélli/Divulgação

Jornalista com experiência em revistas e internet, escreveu sobre moda, luxo, saúde, educação financeira e sustentabilidade. Trabalhou durante 14 anos na Editora Abril. Foi editora na revista Claudia, no site feminino Paralela, e colaborou com Você S.A. e Capricho. Por oito anos, dirigiu o premiado site Planeta Sustentável, da mesma editora, considerado pela United Nations Foundation como o maior portal no tema. Integrou a Rede de Mulheres Líderes em Sustentabilidade e, em 2015, participou da conferência TEDxSãoPaulo.

Mônica Nunes

Jornalista com experiência em revistas e internet, escreveu sobre moda, luxo, saúde, educação financeira e sustentabilidade. Trabalhou durante 14 anos na Editora Abril. Foi editora na revista Claudia, no site feminino Paralela, e colaborou com Você S.A. e Capricho. Por oito anos, dirigiu o premiado site Planeta Sustentável, da mesma editora, considerado pela United Nations Foundation como o maior portal no tema. Integrou a Rede de Mulheres Líderes em Sustentabilidade e, em 2015, participou da conferência TEDxSãoPaulo.

Um comentário em “Quintal de Trocas cria campanha de crowdfunding para ampliar plataforma e ação pelo país. Só até 15/1!

Deixe uma resposta