Portugal teve energia fornecida somente por renováveis durante quatro dias consecutivos

Durante quatro dias consecutivos Portugal teve energia fornecida por fontes renováveis

Alemanha, Dinamarca, Uruguai, Costa Rica. A cada dia um novo país entra na lista dos países que decidiram investir nas energias renováveis e agora comemoram o resultado da escolha inteligente e sustentável. Desta vez, quem celebra um novo feito é Portugal, que entre os dias 4 e 7 de maio, conseguiu atender sua demanda de eletricidade apenas com a produção de fontes limpas de energia: solar, eólica e hidrelétrica. Durante 107 horas consecutivas, as plantas de gás natural e carvão foram completamente desnecessárias.

“Trata-se de um feito notável para Portugal, em especial porque aconteceu durante a semana, de segunda a quarta-feira, quando a indústria está funcionando em sua total capacidade”, afirmou Jean-François Fauconnier, responsável por energias renováveis na ONG Climate Action Network Europe, em entrevista ao site EuroNews. “Alguns estados-membros da Europa, como Espanha, Dinamarca ou Alemanha, estiveram próximos desta meta, mas durante um período de tempo mais breve”, concluiu.

Mostramos aqui no Conexão Planeta recentemente, neste outro post, que durante algumas horas de domingo, 8/5, a Alemanha teve seu abastecimento de energia gerado por fontes renováveis.

Segundo a  Associação Sistema Terrestre Sustentável – Zero -, organização portuguesa que trabalha pelo desenvolvimento sustentável, se o país conseguiu alcançar este recorde durante a primavera europeia, quando ainda há muita chuva, o potencial da energia solar deverá ser ainda maior nos meses de verão.

O governo português fez um investimento gigantesco para estimular a produção de energias renováveis. Há cerca de três anos, elas representavam 25% da matriz energética por lá. Em 2014, esta porcentagem mais que dobrou, chegando a 63%. Em 2015, devido à seca que Portugal enfrentou, a produção das usinas hidrelétricas foi afetada e as renováveis ficaram responsáveis pela geração de quase 50% da eletricidade, uma queda em relação ao ano anterior.

Os paíse-membros da Comunidade Europeia tem até 2020 para ter até 20% da energia fornecida por fontes limpas.

Ao diminuir sua dependência de fontes provenientes de combustíveis fósseis, como carvão e gás, estes países contribuirão para reduzir a emissão de gases de efeito estufa, que provocam o aquecimento global. Além disso, se beneficiarão com a melhoria da qualidade do ar e com a criação de novos postos de trabalho, já que o setor das tecnologias renováveis é um dos que mais cresce no mundo todo.

Ranking dos países que mais produzem energias renováveis

gráfico de países que mais investem em energias renováveis


Leia também:
A era do carvão chegou ao fim
Dinamarca bate novo recorde mundial: 42% da energia produzida no país é eólica
Mercado brasileiro de energia solar espera crescimento de 300% em 2016
Como o Uruguai conseguiu ter 95% de sua eletricidade gerada por fontes renováveis?

Foto: We Love Lisbon/Creative Commons/Flickr  

Suzana Camargo

Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante 6 anos. Entre 2007 e 2011, morou na Suíça, de onde colaborou para publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Depois de dois anos e meio em Londres, vive agora em Washington D.C.

3 comentários em “Portugal teve energia fornecida somente por renováveis durante quatro dias consecutivos

Deixe uma resposta