Por que as zebras são listradas?

zebras

As zebras (Equus zebra) são mamíferos da ordem Perissodactyla, aquela cujos animais possuem dedos em número ímpar nas patas.

Apesar de serem também membros da família de equídeos, a mesma dos cavalos e burros, as zebras possuem um grande diferencial em relação a eles: elas têm listras.

Os cientistas já sabem, há algum tempo, a razão pela qual elas são listradas. É um mecanismo de defesa contra seus predadores, como os insetos. Por algum motivo, até então desconhecido, sabia-se, por exemplo, que as moscas praticamente não as atacavam.

Pois um estudo realizado em conjunto, pelo pesquisador Tim Caro, do departamento de Biologia da Conservação e Vida Selvagem da Universidade da Califórnia, Davis, na Califórnia, e seu colega Martin How, da Universidade de Bristol, no Reino Unido, finalmente deu uma resposta para essa dúvida.

Em um experimento, Caro e How compararam o comportamento de moscas perto de cavalos e zebras. A primeira constatação foi a que elas são atraídas por ambos animais, ou seja, foi descartada uma eventual aversão ao cheiro das zebras.

Em um segundo momento, os cientistas colocaram sobre o cavalo uma capa listrada. O que aconteceu em seguida? As moscas deixaram de incomodá-lo.

“Uma vez que as moscas se aproximam das listras, elas tendem a voar ou esbarrar nelas”, explicou o professor da universidade americana. “Isso indica que as listras podem atrapalhar as habilidades desses insetos de ter uma aterrissagem controlada”.

Segundo How, quando chegam mais perto, as faixas pretas e brancas ofuscam ou confundem a visão de baixa resolução das moscas de alguma forma.

Quando o cavalo ganha a capa listrada, as moscas deixam de pousar nele

O estudo, que foi divulgado na publicação Plos One, também observou que zebras e cavalos respondem de maneira muito diferente à presença de moscas.

As primeiras agitam suas caudas quase continuamente durante o dia para mantê-las longe – caso forem particularmente persistentes, as zebras correrão delas.

Já os cavalos param de se alimentar se forem incomodados. Primeiro se contorcem e, ocasionalmente, agitam-se para afastá-las.

Os pesquisadores não descobriram ainda, entretanto, como as zebras desenvolverem um mecanismo de defesa tão sofisticado. Uma possível explicação é que elas podem ser altamente propensas a doenças infecciosas, transmitidas por moscas africanas.

Curiosidades sobre as zebras

Nativas da África do Sul e Central, as zebras habitam as savanas. São sociáveis, sempre vivendo em grupos. Velozes, têm coices poderosos, essenciais para escaparem dos predadores.

Mas esses animais possuem outras características curiosas. Além de cada zebra ter listras únicas, ou seja, o desenho da pelagem de nenhum indivíduo será igual ao de outro, ela tem uma visão extremamente aguçada, comparada a das corujas.

Em geral, os adultos atingem cerca de 1,5 metro de altura e podem pesar até 450 quilos. A média de vida é de 25 anos.  

Herbívoras, as zebras se alimentam de capim. Para encontrar comida, entre as estações de seca e chuva na África, realizam a maior das migrações de animais daquele continente. A cada ano, percorrem aproximadamente 500 km.

Sociáveis, velozes e com visão extremamente aguçada

Fonte: San Diego Zoo

Fotos: domínio público/pixabay e divulgação UC Davis

Suzana Camargo

Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante 6 anos. Entre 2007 e 2011, morou na Suíça, de onde colaborou para publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Depois de dois anos e meio em Londres, vive agora em Washington D.C.

Deixe uma resposta