População de tigres na Índia volta a crescer

tigres

Como não divulgar uma boa notícia como essa com tantas ruins proliferando por sites, programas de televisão e mídias sociais? É preciso celebrar e disseminar o trabalho de ambientalistas e governos que fazem sua parte pela conservação da fauna e da flora do planeta.

E é este exatamente o caso da novidade que vem da Índia, onde foi realizado um censo gigantesco para fazer uma estimativa da atual população de tigres.

Em 2019, o levantamento, realizado a cada quatro anos, revelou um aumento de 6% no número desses animais no país, contabilizando algo em torno de 3 mil indivíduos.

A Índia é hoje o país que tem o maior número de tigres. Na última contagem, que divulgamos nesta outra matéria, em 2016, a estimativa é que eram aproximadamente 2.226 animais.

Em 2010, países asiáticos firmaram um acordo histórico em que se comprometeram a intensificar o trabalho para proteção do habitat dos tigres. Conhecido com Tx2, o acordo previa uma meta ambiciosa: dobrar a população de animais selvagens até 2022, quando será celebrado o próximo Ano do Tigre, na China.

O tigre é o maior animal de toda espécie de gatos da Ásia e considerado um dos grandes da natureza. Há 100 anos, acredita-se que havia aproximadamente 100 mil tigres selvagens. Perda de habitat e caça são as razões pelas quais eles foram praticamente extintos do planeta.

Hoje eles ainda são vistos, em números muito menores do que no passado, em países como Butão, Bangladesh, Malásia, Nepal, Rússia e Tailândia.

O censo da Índia

Para conseguir fazer a contagem dos tigres na Índia foi montado um esquema de proporções sem igual. Não é nada fácil encontrar esses enormes mamíferos. Predadores solitários, eles vivem escondidos.   

Nada menos do 44 mil pessoas participaram do mutirão, que analisou uma área de quase 320 mil m2, onde seriam encontrados possíveis habitats de tigres.

Foram instaladas 26 mil armadilhas fotográficas em 139 pontos. Nelas foram tiradas quase 35 milhões de fotos. A análise das imagens para distinguir se animal flagrado durante a noite, por exemplo, não era o mesmo registrado durante o dia, contou com a ajuda de um time de especialistas internacionais.  

*Com informações do site Science Alert  

Leia também:
Tinder pede que usuários retirem selfies com tigres de seus perfis
Registro de filhotes de tigres ameaçados de extinção provoca comemoração na Tailândia
Selfies com tigres podem financiar o tráfico de animais
Número de tigres no planeta aumenta pela primeira vez depois de 100 anos

Foto: domínio público/pixabay

Suzana Camargo

Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante 6 anos. Entre 2007 e 2011, morou na Suíça, de onde colaborou para publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Depois de dois anos e meio em Londres, vive agora em Washington D.C.

Deixe uma resposta