‘Poluição do ar e infância’ é tema de bate-papo com transmissão ao vivo, em 13/11, 19h

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), pelo menos 633 crianças menores de cinco anos morrem por ano no Brasil devido a complicações relacionadas à poluição.

O estudo Ar Limpo – Um Direito Fundamental de Todas as Crianças para um Futuro Saudável, desenvolvido pelo Laboratório de Poluição Atmosférica Experimental da Faculdade de Medicina da USP, aponta que a cada 100 crianças de até cinco anos, 41 morrem por causa da poluição. Mais: entre as evidencias cientificas dos efeitos da exposição pré-natal na saúde de crianças está a mortalidade neo e pós-neonatal e o nascimento prematuro. E os efeitos nos recém-nascidos incluem não só problemas respiratórios como neurocomportamentais e endócrinos.

Levando em conta a urgência de debater os impactos terríveis – e muitas vezes fatais – causados pela poluição do ar em crianças e adolescentes o programa Prioridade Absoluta, do Instituto Alana, vai promover encontro online entre especialistas, com transmissão pelo You Tube da instituição – Expresso 227: Poluição do Ar e Infância -, no dia 13 de novembro, às 19h.

Estarão presentes Carmem Araújo, consultora do ICCT- International Council on Clean Transportation; Evangelina Vormittag, diretora do Instituto Saúde e Sustentabilidade; Mariana Veras, coordenadora do Laboratório de Poluição Atmosférica Experimental da USPcom mediação de Thais Dantas, do Alana. Não perca!

Foto: Divulgação 

Jornalista com experiência em revistas e internet, escreveu sobre moda, luxo, saúde, educação financeira e sustentabilidade. Trabalhou durante 14 anos na Editora Abril. Foi editora na revista Claudia, no site feminino Paralela, e colaborou com Você S.A. e Capricho. Por oito anos, dirigiu o premiado site Planeta Sustentável, da mesma editora, considerado pela United Nations Foundation como o maior portal no tema. Integrou a Rede de Mulheres Líderes em Sustentabilidade e, em 2015, participou da conferência TEDxSãoPaulo.

Mônica Nunes

Jornalista com experiência em revistas e internet, escreveu sobre moda, luxo, saúde, educação financeira e sustentabilidade. Trabalhou durante 14 anos na Editora Abril. Foi editora na revista Claudia, no site feminino Paralela, e colaborou com Você S.A. e Capricho. Por oito anos, dirigiu o premiado site Planeta Sustentável, da mesma editora, considerado pela United Nations Foundation como o maior portal no tema. Integrou a Rede de Mulheres Líderes em Sustentabilidade e, em 2015, participou da conferência TEDxSãoPaulo.

Deixe uma resposta