Plantar, cozinhar e caminhar: a tríade do amor em transição


Você já se perguntou qual é o segredo de um relacionamento feliz?

Não podemos dar uma resposta pronta! Cada casal feliz, provavelmente, deve ter a própria receita. Mas, sim, podemos indicar algumas referências de que caminhos percorrer.

Percebemos que nesta época de transição – com fortes mudanças acontecendo -, os relacionamentos também são colocados à prova diante de situações complicadas no trabalho e na vida pessoal. E muita gente busca soluções mais sustentáveis para manter ou criar a felicidade, além das alianças.

Abrimos espaço para um dos maiores pensadores do nosso tempo, Satish Kumar, o sábio da ecologia profunda, fundador do Schumacher College falar sobre esse tema que normalmente não está nas palestras super concorridas que ele realiza ao redor do mundo. Ex-monge jainista, ativista pela paz mundial Satish se enche de satisfação ao compartilhar os segredos de um relacionamento feliz com sua parceira June Mitchell há 45 anos.

Como manter um casamento feliz? Existe uma receita?Se você quer fazer o mundo verde, se o marido vai para uma direção e a mulher vai para outra direção, você não pode fazer o mundo verde. Antes de mudar qualquer coisa no mundo, precisamos trabalhar juntos como um casal. Precisamos fazer essa viagem juntos, nós somos companheiros nas nossas vidas.

Companheiros significa compartilhar o pão, isso vem de com pane (ital.) Quando você está compartilhando o pão, você precisa ver se o pão está bom, se é orgânico, caseiro, se foi fabricado explorando a natureza, os animais…

Mas se uma pessoas gosta de comida rápida (fast food, junk food) e a outra de comida orgânica, isso não vai funcionar! O relacionamento não vai persistir. Por isso é muito importante que o marido e a mulher cheguem num acordo mútuo: como compartilhar da mesma visão e valores de uma vida verde, sustentável e ecológica. Essa é uma verdadeira companhia!

E para quem está sozinho, procurando um amor?
Não procure um amor. Ter um amante não é bom começo. Isso significa posse: eu tenho! Querer possuir não é bom! Seja um bom marido, uma boa esposa, um bom amigo… Seja um amante. Ser é mais importante do que ter! Não procure pelo amor. Seja o amor.

E voltando ao casal, por onde quem vive numa grande cidade pode começar?
Comece pelo pequeno. Mesmo morando em São Paulo você pode ter uma horta com vasos na janela, pendurado num muro ou no teto da sua casa. O importante é começar a fazer uma coisa pequena mas que vocês possam fazer juntos.

Se você trabalha num escritório ou dando aula e a outra pessoa numa indústria, por exemplo, vocês estão separados e não fazendo coisas juntos. Por isso cuidar de algumas plantas, ervas seria um bom começo.

E o que mais faz parte da sua receita?
Os casais devem cozinhar juntos! Eu e a minha esposa cozinhamos todos os dias, e claro, lavamos depois as louças juntos, também.

Outra coisa: lemos todas as manhãs um para o outro. E caminhamos juntos. Eu aconselho os casais e caminharem na natureza, observando um lago, um rio, o que houver ao redor.

Parece que você e a June são realmente um casal feliz. Vocês dizem um para o outro que se amam, que se importam um com o outro?
Sim. Toda manhã nós nos abraçamos e dizemos o quanto nos amamos. Amar não é um evento histórico que aconteceu no nosso caso há 46 anos. É um evento de todos os dias. Os casais têm que apreciar as suas presenças, o estar juntos e se apaixonar a cada dia, de novo.

A entrevista foi realizada na última visita de Satish Kumar a São Paulo, em março de 2017, no Instituto Singularidades.  Agradecemos ao apoio da Escola Schumacher Brasil.

Esperamos que as dicas do Satish inspirem na construção de relacionamentos felizes e que você inspire mais pessoas ao seu redor!

E assine o nosso canal Casal Verde no Youtube para acompanhar nossas novas aventuras e deixar seus comentários e sugestões para os próximos posts.

Leia também:
“Quando nos conectamos com as árvores, caminhamos em direção aos nossos sonhos”

Maria Zulmira de Souza, a Zuzu, é jornalista pioneira na área de comunicação sobre sustentabilidade. Criou programas e séries mostrando como viver de forma sustentável no dia-a-dia. Conselheira de várias ONGs e instituições, dirige a Planetária Casa de Comunicação. Ulrich Zens, o Uli, é arquiteto paisagista alemão. Desde 1984, pratica o paisagismo multifuncional em projetos para espaços públicos na Alemanha, Arábia e Brasil. Veio a São Paulo por causa de uma história de amor. Eles formam o Casal Verde, aqui e no YouTube, para tratar de sustentabilidade, arquitetura, maturidade, arte e relações saudáveis.

Maria Zulmira de Souza e Ulrich Zens

Maria Zulmira de Souza, a Zuzu, é jornalista pioneira na área de comunicação sobre sustentabilidade. Criou programas e séries mostrando como viver de forma sustentável no dia-a-dia. Conselheira de várias ONGs e instituições, dirige a Planetária Casa de Comunicação. Ulrich Zens, o Uli, é arquiteto paisagista alemão. Desde 1984, pratica o paisagismo multifuncional em projetos para espaços públicos na Alemanha, Arábia e Brasil. Veio a São Paulo por causa de uma história de amor. Eles formam o Casal Verde, aqui e no YouTube, para tratar de sustentabilidade, arquitetura, maturidade, arte e relações saudáveis.

Deixe uma resposta