Papa Francisco pede ações concretas para combate ao lixo plástico nos oceanos

Papa Francisco pede ações concretas para combate ao lixo plástico nos oceanos

Defensor do meio ambiente, o Chefe da Igreja Católica falou no último sábado (01/09), em discurso no Vaticano, sobre a necessidade de ações urgentes para acabar com um dos principais problemas ambientais deste século: o lixo plástico nos oceanos.

“Não podemos permitir que os mares e oceanos se encham de extensões inertes de plástico flutuante”, disse o Papa Francisco, durante a IV Jornada de Oração pela Criação.

Ainda segundo ele, “Lamentavelmente, muitos esforços se diluem ante a falta de normas e controles eficazes, principalmente no que diz respeito à proteção das áreas marinhas mais além das fronteiras nacionais”.

Para o papa, nossas águas e toda sua vida marinha são um presente maravilhoso e impressionante de Deus.

Já em 2015, o Sumo Pontífice lançou a encíclica sobre Meio Ambiente – Laudato Si –, em que ele denunciou, de forma veemente, a exploração dos pobres e o desperdício dos recursos naturais. Nela citava também a importância da transição energética para fontes renováveis, mais limpas e eficientes, com o objetivo de evitar mudanças climáticas desastrosas que poderiam comprometer o bem-estar e o futuro desta e das próximas gerações.

No último final de semana, Francisco também chamou de inaceitável a “privatização das águas internacionais”, em uma clara crítica ao fechamento das fronteiras marítimas de certos países para o recebimento de refugiados. Recentemente, a Itália e a ilha de Malta recusaram o recebimento de barcos de ajuda humanitária que levavam refugiados.

“Os oceanos não devem separar os povos, mas promover um encontro da comunidade humana. Vamos rezar para que aqueles que arriscam suas vidas em travessias no mar em busca de um futuro melhor possam ser acolhidos em segurança”, afirmou o papa.

Por último, o sacerdote lembrou ainda das milhões de pessoas que continuam sem acesso à água potável no mundo inteiro.

*Com informações da France Press 

Leia também:
Papa Francisco adere ao carro elétrico
Vaticano ganha imagens das riquezas do planeta em alerta às mudanças climáticas
Papa Francisco cria dia de oração pelo meio ambiente
Papa nomeia mulher para a diretoria de comunicação do Vaticano

Fotos: reprodução Facebook Vatican News

Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante seis anos. Entre 2007 e 2011, morou na Suíça, de onde colaborou para várias publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Depois de dois anos e meio em Londres, acaba de mudar para os Estados Unidos

Suzana Camargo

Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante seis anos. Entre 2007 e 2011, morou na Suíça, de onde colaborou para várias publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Depois de dois anos e meio em Londres, acaba de mudar para os Estados Unidos

Deixe uma resposta