Papa Francisco nomeia uma mulher para a diretoria de comunicação do Vaticano

paloma-ovejero-primeira-mulher-cupula-comunicacao-vaticano-x
Do jeito que vai, vamos ficar mal (ou será bem?) acostumados com boas notícias vindas do Vaticano. Agora, então, que o Papa Francisco escolheu os novos nomes para sua diretoria de comunicação e, entre eles, está uma mulher, novos ventos – a favor da diversidade de gênero – sopram em Roma.

O americano Greg Burke, jornalista e ex-correspondente da Fox TV, é o novo diretor de comunicação da Sala de Imprensa da Igreja Católica, onde já atuava como vice porta-voz desde dezembro. Ele substitui Federico Lombardi, jesuíta que ocupava o cargo há mais de dez anos e se demitiu por causa da idade avançada. Ao seu lado, como subdiretora, assume a jornalista espanhola Paloma Garcia Ovejero, da rede de televisão Cadena Cope.

Ela é a primeira mulher a ocupar uma função executiva na cúpula comunicação do Vaticano, como porta-voz do Papa. Na cerimônia de apresentação dos novos colaboradores, no dia 11, o pontífice brincou com ela, usando o tratamento que os argentinos geralmente dão aos espanhóis: “Ah, uma galega no Vaticano!”. Nesse dia, ele pediu clareza, equilíbrio e fidelidade na transmissão de informações.

Na ocasião, Paloma destacou que ser mulher não foi o que determinou a escolha do Papa, já que parece normal para ele – é de sua natureza  – que homens e mulheres tenham destaque e os mesmos direitos em qualquer atividade e no mundo, de maneira geral. Tomara que mais este avanço dentro da Igreja Católica sirva de reflexão para todos, em qualquer lugar e circunstância.

Foto: Wikimedia Commons

Jornalista com experiência em revistas e internet, escreveu sobre moda, luxo, saúde, educação financeira e sustentabilidade. Trabalhou durante 14 anos na Editora Abril. Foi editora na revista Claudia, no site feminino Paralela, e colaborou com Você S.A. e Capricho. Por oito anos, dirigiu o premiado site Planeta Sustentável, da mesma editora, considerado pela United Nations Foundation como o maior portal no tema. Integrou a Rede de Mulheres Líderes em Sustentabilidade e, em 2015, participou da conferência TEDxSãoPaulo.

Mônica Nunes

Jornalista com experiência em revistas e internet, escreveu sobre moda, luxo, saúde, educação financeira e sustentabilidade. Trabalhou durante 14 anos na Editora Abril. Foi editora na revista Claudia, no site feminino Paralela, e colaborou com Você S.A. e Capricho. Por oito anos, dirigiu o premiado site Planeta Sustentável, da mesma editora, considerado pela United Nations Foundation como o maior portal no tema. Integrou a Rede de Mulheres Líderes em Sustentabilidade e, em 2015, participou da conferência TEDxSãoPaulo.

Deixe uma resposta