Os indígenas e a fotografia, com Renato Soares

O fotógrafo e indigenista Renato Soares percorre aldeias indígenas há cerca de trinta anos. Começou como repórter fotográfico de variados jornais e revistas – foi parar na Amazônia -, até que cruzou o caminho de Orlando Villas-Boas, no Xingu. Ou será que foi o contrário?

O fato é que esse encontro, nos anos 80, “deu liga” e Renato nunca mais abandonou os índios. Identificou em sua cultura e em seus costumes a essência do seu trabalho. Além da importância de estar junto e apoiar suas causas com a fotografia.

Foi assim que criou o projeto Ameríndios do Brasil, com o qual pretende registrar as 305 etnias indígenas existentes no país, divulgando sua existência e peculiaridades. Neste blog, que leva o nome desse projeto, aqui, no Conexão Planeta, ele conta um pouco de suas aventuras e ideias.

Com o Ameríndios, inaugurou uma forma justa de fazer os registros nas aldeias por onde passa: ele paga 1/3 de tudo que recebe com as fotos que faz em cada etnia para os indígenas.

Assim, a ideia de exploração se dissolve e isso é importante para aumentar a relação de confiança que Renato conquista ao conhece-los. Ele é um cara muito sociável e um bom contador de histórias. Não há melhor forma de conquistar alguém. Com os índios não é diferente. Ainda mais porque eles também têm muitas histórias pra contar.

Pois é pra falar de tudo isso e contar algumas histórias, Renato vai estar no Núcleo Morungaba – Rua Cristiano Viana, 977, em Pinheiros, São Paulo -, dia 13 de setembro, a partir das 20h. O encontro é gratuito e, para participar, é só fazer inscrição pelo e-mail: renata@morungaba.com.br

Quer saber um pouco mais? Assista ao vídeo abaixo, no qual Renato conta um pouco de seu processo de trabalho nas aldeias. Em seguida, veja a foto que ilustra esta em sua versão original.

Foto: Renato Soares

Jornalista com experiência em revistas e internet, escreveu sobre moda, luxo, saúde, educação financeira e sustentabilidade. Trabalhou durante 14 anos na Editora Abril. Foi editora na Claudia e Boa Forma, no site feminino Paralela, e colaborou com Você S.A. e Capricho. Por oito anos, dirigiu o premiado site Planeta Sustentável, considerado o maior portal no tema pela UNF. Integra a Rede de Mulheres Líderes em Sustentabilidade.

Mônica Nunes

Jornalista com experiência em revistas e internet, escreveu sobre moda, luxo, saúde, educação financeira e sustentabilidade. Trabalhou durante 14 anos na Editora Abril. Foi editora na Claudia e Boa Forma, no site feminino Paralela, e colaborou com Você S.A. e Capricho. Por oito anos, dirigiu o premiado site Planeta Sustentável, considerado o maior portal no tema pela UNF. Integra a Rede de Mulheres Líderes em Sustentabilidade.

Deixe uma resposta