ONU oferece bolsa a programa de estudos para afrodescendentes na Suíça

ONU oferece bolsa a programa de estudos para afrodescendentes na Suíça

Uma das principais atividades da Década Internacional de Afrodescendentes das Nações Unidas (2015-2024), lançada para melhorar a situação dos direitos humanos dos negros em todo o mundo, é o Programa Anual de Bolsas de Estudo para Pessoas Afrodescendentes, que já está com inscrições abertas.

O curso, que será realizado em Genebra, na Suíça, de 19/11 a 07/12, abordará os seguintes temas: direito dos direitos humanos, formas de discriminação racial, acesso à Justiça, ‘perfilamento racial’ (racial profiling), entre outros. Os bolsistas aprendem sobre uma ampla gama de instrumentos e mecanismos legais antirracismo da ONU, promovendo capacitação para combater o racismo, bem como na proteção e promoção dos direitos humanos.

Para participar da seleção, os candidatos devem ser fluentes em inglês, ter um mínimo de quatro anos de experiência profissional na promoção de direitos afrodescendentes e devem fazer parte de uma organização que trabalha com questões relacionadas a pessoas de ascendência africana ou direitos das minorias. Os interessados devem apresentar ainda o currículo e uma carta da sua organização, certificando o seu estatuto.

A bolsa cobrirá os custos da passagem de avião de Genebra a seu país de origem (classe econômica); plano de saúde básico, além de oferecer uma verba para hospedagem e outros gastos essenciais durante o programa.

As inscrições podem ser feitas até 01/06 neste link.

Foto: domínio público/pixabay

Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante seis anos. Entre 2007 e 2011, morou em Zurique, na Suíça, de onde colaborou para diversas publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Info, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Atualmente vive em Londres.

Suzana Camargo

Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante seis anos. Entre 2007 e 2011, morou em Zurique, na Suíça, de onde colaborou para diversas publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Info, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Atualmente vive em Londres.

Deixe uma resposta