Obama é primeiro presidente americano em capa de revista LGBT

Barack Obama

“Minha mãe incutiu em mim a forte crença de que todas as pessoas têm o mesmo valor. Ao mesmo tempo, crescendo como um negro e com um nome engraçado, eu era frequentemente lembrado de como era a sensação de ser parte de uma minoria”.

A declaração acima é de Barack Obama e faz parte de sua entrevista à publicação Out100 (confira a entrevista na íntegra em inglês aqui). O presidente americano é o primeiro chefe de estado dos Estados Unidos  a aparecer na capa de uma publicação voltada ao público LGBT (sigla para lésbicas, gays, bissexuais e transgenêros).

capa com Barack ObamaO texto da capa da edição de novembro diz: “Our President – Ally.Hero.Icon” (Nosso Presidente – Aliado.Herói. Ícone, em inglês). Para o jornalista Aaron Hicklin, que assina a entrevista, quando Obama assumiu a Casa Branca mostrou uma posição tímida perante a questão LGBT. Mas nos últimos três anos, já em seu segundo mandato, ele foi responsável por importantes mudanças que afetaram positivamente a vida de milhares de pessoas naquele país.

Obama admitiu que conceder o direito legal ao casamento entre duas pessoas do mesmo sexo era uma questão constitucional e não uma decisão particular de cada estado. Em 2009, somente dois estados americanos permitiam a união LGBT. Hoje este é um direito nacional.

Recentemente, Obama indicou o nome de Eric Fanning, gay assumido, para ser primeiro-secretário do Exército Americano, cargo civil mais importante da instituição.

Na entrevista, o presidente americano fala sobre a posição das filhas, Sasha e Malia,  perante o tema LGBT. “Para elas, a discriminação de qualquer forma contra qualquer pessoa não faz sentido. Não passa pela cabeça delas que os amigos gays ou pais de amigos, que sejam casais do mesmo sexo, devem ser tratados de forma diferente de outras pessoas. Isso é poderoso”, disse.  “A próxima geração está estimulando a mudança não apenas para as gerações futuras, mas para a minha geração, também. Como presidente, e como pai, isso me deixa orgulhoso”.

Esta semana, foi divulgada ainda uma outra novidade relacionada ao presidente dos Estados Unidos. Barack Obama criou uma página no Facebook. No primeiro post, há um vídeo em que ele anda pelos jardins da Casa Branca e fala sobre mudanças climáticas e a preservação de “nosso belo planeta” (assista ao vídeo mais abaixo).

Obama já tinha uma página oficial no Facebook, com 45 milhões de seguidores, mas o conteúdo era postado pelo movimento Organizing for Action, criado pelo presidente.

Não é de se admirar que o 44º presidente americano tenha tantos fãs nas redes sociais: ele não só luta pelos direitos das pessoas LGBT, mas também pela causa das mudanças climáticas. É isso aí, Obama!

 

Foto: Ryan Pfluger/divulgação Out100 

Suzana Camargo

Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante 6 anos. Entre 2007 e 2011, morou na Suíça, de onde colaborou para publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Depois de dois anos e meio em Londres, vive agora em Washington D.C.

3 comentários em “Obama é primeiro presidente americano em capa de revista LGBT

Deixe uma resposta