Renato Guimarães

Jornalista, com mestrado em relações internacionais, é especialista em temas ligados à mobilização e engajamento em causas de impacto social. Morou oito anos no Peru, de onde conheceu bastante da América Latina. Trabalhou em organizações como Oxfam GB, Purpose, Instituto Akatu e IFC/Banco Mundial. Foi sócio de duas consultorias - Gestão Origami e Together – e, hoje, é Diretor de Engajamento do Greenpeace Brasil

Um comentário em “A greve dos caminhoneiros e o novo mundo das manifestações sociais distribuídas

  • 1 de junho de 2018 em 6:32 PM
    Permalink

    Dialogar parece a solução ideal, sempre que dois ou mais discordam, mas impossível quando uma das partes se recusa a ouvir ou falar, impedindo que outros ouçam e falem.

    Resposta

Deixe uma resposta