O mundo marcha pelo clima

marcha-pelo-clima-3-berlim-campact-800
Milhares de pessoas saíram às ruas das principais cidades do mundo neste último final de semana em manifestações pelo clima do planeta. Foi a Marcha pelo Clima, assim como àquela realizada no final do ano passado, em Nova York, e que reuniu uma multidão nas ruas da cidade americana.

Agora, novamente, o objetivo da mobilização global é levar aos líderes mundiais reunidos em Paris, nos próximos dias, durante a Conferência das Nações Unidas sobre Mudanças Climáticas – CO21 -, a mensagem de que precisamos diminuir drasticamente a emissão de CO2 na Terra para reduzir o aquecimento global. Espera-se dos governos um compromisso real e forte, que torne viável a transição do uso dos combustíveis fósseis (petróleo, diesel, carvão, gasolina) para energias renováveis (solar, eólica, biomassa, hidrelétrica).

As capitais da Inglaterra, Alemanha, Nova Zelândia, Estados Unidos, Espanha e Austrália foram os locais que reuniram o maior número de manifestantes. Estima-se que foram 600 mil pessoas marchando em 175 países. Em Paris, sede da conferência, devido aos atentados que mataram cententas de pessoas no dia 13/11,  por motivo de segurança, a Marcha pelo Clima foi suspensa e aglomerações proibidas. No Brasil, a caminhada aconteceu no Rio de Janeiro e em São Paulo, onde infelizmente, choveu muito.

Em Londres, mais de 50 mil pessoas estiveram nas ruas. Muitas delas estavam fantasiadas, levando o tradicional bom humor britânico aos protestos. Ursos-polares e pinguins circulavam ao lado de cartazes dizendo que os animais eram “migrantes do clima”. As atrizes Emma Thompson, Vanessa Redgrave e a designer Vivienne Westwood foram algumas das celebridades que se juntaram à caminhada (veja galeria de imagens completa ao final deste post).

Na capital da Alemanha, Berlim, a Marcha pelo Clima reuniu cerca  de 15 mil pessoas, que saíram da estação central de trem da cidade, passaram pelo Parlamento Alemão e terminaram no famoso Portão de Brandenburg, um marco do país. Os manifestantes seguraram cartazes com os dizeres “Chega de carvão! 100% de energia renovável”.

Em Washington D.C., ativistas tomaram a frente da Casa Branca, com faixas pedindo “Keep in the Ground”, frase que faz parte de uma campanha mundial para o fim da exploração dos combustíveis fósseis.

Segundo a organização ambientalista internacional Avaaz, a maior marcha ocorreu na Austrália, onde aproximadamente 140 mil pessoas estiveram nas ruas.

No Brasil, os manifestantes se concentraram na Avenida Paulista, mesmo sob forte chuva, e no Rio de Janeiro, passearam ao longo de Copacabana. Além de pedir pelas mudanças climáticas, os cariocas protestaram contra o desastre ambiental de Mariana, em Minas Gerais.

Confira abaixo as imagens da Marcha do Clima no final de semana:

https://www.avaaz.org/en/

Milhares de alemães tomaram as ruas de Berlim na Marcha pelo Clima (foto: Campact/Creative Commons)

https://www.avaaz.org/en/

Em Londres, os britânicos usaram fantasias, como o “Green Man” (foto: Garry Knight/Creative Commons)

Marcha pelo Clima

Em Berlim, os manifestantes do clima foram até o Portão de Brandenburg (foto: Campact/Creative Commons)

Marcha pelo Clima
No Rio de Janeiro, a Marcha pelo Clima aconteceu na orla de Copacabana (foto: Tomaz Silva/fotos públicas)

Marcha pelo Clima

Aquecimento global pode levar à extinção de centenas de espécies (foto: Matthew-Kirb/Creative Commons)

marcha-pelo-clima-london-matthew-kirby-vivienne-800

A designerVivienne Westwood na Marcha pelo Clima em Londres (foto: Matthew-Kirb/Creative Commons)

marcha-pelo-clima-melbourne-friends-of-the-earth-international-800

140 mil pessoas foram às ruas de Melbourne, na Austrália (foto: Friends of the Earth International/Creative Commons)

marcha-pelo-clima-berna-suica-jan zuppinger-800

Manifestantes vesitdos de pinguins circulam por Berna, na Suíça (foto: Jan Zuppinger/Creative Commons)

marcha-pelo-clima-dc-Stephen-Melkisethian-800

“Mantenha os combustíveis fósseis no solo”, pede a manifestação em frente à Casa Branca, nos Estados Unidos (foto: Stephen Melkisethian/Creative Commons)

marcha-pelo-clima-2-new-zealand-alex-schwab-800

Por menos CO2, menos poluição, menos combustíveis fósseis e um planeta melhor (foto: Alex Schwab/Creative Commons)

Marcha pelo Clima

Manifestantes do clima na Austrália (foto: Melanie Lazarow/Creative Commons)

Marcha pelo Clima

Em Londres, pessoas vestidas com cabeças de animais ameaçados de extinção (foto: The Weekly Bull/Creative Commons)

Marcha pelo Clima

“Carvão mata”, alertam manifestantes em Berlim (foto: Campact/Creative Commons)

Marcha pelo Clima

O assunto é sério, mas o bom-humor é sempre bem-vindo! (foto: Matthew Kirby/Creative Commons)

Marcha pelo Clma

Cariocas protestaram contra a lama tóxica que matou milhares de peixes no Rio Doce  (foto: Tomaz Silva/fotos públicas)

Marcha pelo Clima

Cariocas  caminham com cartazes Desmatamento Zero” 

Marcha pelo Clima

O mundo espera um acordo climático forte e real das negociações da COP21 em Paris (foto: Campact/Creative Commons)

 

Foto: Campact/Creative Commons/Flickr (abertura)

Suzana Camargo

Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante 6 anos. Entre 2007 e 2011, morou na Suíça, de onde colaborou para publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Depois de dois anos e meio em Londres, vive agora em Washington D.C.

3 comentários em “O mundo marcha pelo clima

Deixe uma resposta