“O brasileiro está parando”, alerta o preparador físico Antonio Carlos Gomes

"O brasileiro está parando", alerta o preparador físico Antonio Carlos Gomes

Ele é um dos grandes especialistas brasileiros em treinamento físico. O preparador físico Antonio Carlos Gomes já foi atleta, praticava salto triplo na adolescência, e não conseguiu mais largar o esporte. Fez Educação Física e vários cursos de especialização. Trabalhou com times de futebol, como Atlético Paranaense e Corinthians.

Gomes também esteve ao lado de Ronaldo Fenômeno durante sua recuperação, quando ele passou pelo Parque São Jorge, além de ter prestado consultoria ao Comitê Olímpico Brasileiro e à Confederação Brasileira de Atletismo.

Como pesquisador do movimento humano, Antonio Carlos tem sua atenção voltada para o Brasil, que possui hoje o maior crescimento mundial de obesidade infantil. Ele atribui esta situação a várias causas: descaso do governo, sedentarismo por causa da tecnologia, a prática de exercícios sem nenhuma orientação. Menos de 10 % da população brasileira faz exercício e já estamos sentindo o resultado disso com a falta de revelação de talentos no esporte.

O professor que fez mestrado e doutorado na Rússia, atualmente está acompanhando a Copa do Mundo como comentarista para um canal de internet.

Como conhecedor do país, onde morou por 12 anos, ele vai trazer aspectos da cultura russa e contar histórias curiosas do povo russo. Mas também vai estar atento à forma físico e ao desempenho das seleções na competição. A entrevista com Antonio Carlos Gomes você assiste abaixo:

Foto: reprodução Facebook 

Jornalista há 30 anos, é formado em Comunicação Social na Universidade Federal do Paraná. Em 1986, começou a carreira em televisão, primeiro como repórter e mais tarde, editor e apresentador. Trabalhou nas Redes Globo e Record. Em 2015, montou sua própria empresa, a Sobrequasetudo Comunicação e Arte, especializada em media training. Em 2017, criou o Brasil de Cor, um canal para dar oportunidade e visibilidade a negros brasileiros

Herivelto Oliveira

Jornalista há 30 anos, é formado em Comunicação Social na Universidade Federal do Paraná. Em 1986, começou a carreira em televisão, primeiro como repórter e mais tarde, editor e apresentador. Trabalhou nas Redes Globo e Record. Em 2015, montou sua própria empresa, a Sobrequasetudo Comunicação e Arte, especializada em media training. Em 2017, criou o Brasil de Cor, um canal para dar oportunidade e visibilidade a negros brasileiros

Deixe uma resposta