Nova música de Paul McCartney fala sobre mudanças climáticas e um capitão louco no comando do navio


Nova música de Paul McCartney fala sobre mudanças climáticas e um capitão louco no comando do navio

“Apesar dos constantes alertas
O perigo está chegando
O capitão não escuta
Ao que tem sido dito

Parece que há uma boa chance
De que fomos enganados
E o capitão está planejando
Seguir adiante a todo vapor

O que podemos fazer, o que podemos fazer
O que podemos fazer para parar
Este plano estúpido de continuar
O que podemos fazer, o que podemos fazer
Esta banda está a ponto de perder seu navio e sua tripulação”

A letra acima é da música Despite Repeated Warnings (Apesar dos Alertas Repetidos, em português), do novo disco do ex-beatle Paul McCartney, Egypt Station.

A faixa é uma referência a um capitão maluco que, apesar de todos os alertas contra as mudanças climáticas, não escuta ninguém e continua navegando sem rumo. E quem seria a mente perturbada no comando do barco?

“Obviamente é o Trump!”, revelou o cantor britânico na semana passada, em entrevista ao canal BBC.

O presidente americano não tem vergonha alguma de afirmar para quem queira ouvir que o aquecimento global não existe. Mesmo com toda evidência científica apresentada até hoje e os efeitos já presenciados no mundo todo (tufões, furacões, secas e incêndios cada vez mais fortes e frequentes), Donald Trump continua fazendo piada sobre o assunto e derrubando leis que seu antecessor, Barack Obama, regulamentou para combater as mudanças climáticas, inclusive, com a saída dos Estados Unidos do Acordo de Paris (leia mais aqui).

No inverno do ano passado, em um dia de muito frio, Trump escreveu em sua (abominável) conta do Twitter que “talvez pudéssemos usar um pouco daquele tal de aquecimento global hoje”.

McCartney teve a inspiração para Despite Repeated Warnings quando estava em Tóquio, lendo um jornal. A notícia falava justamente sobre como, apesar de todas as evidências, muitos continuavam ignorando os alertas.

Capa do disco novo de Paul McCartney

É realmente muito irônico Paul McCartney, um dos autores da letra de Yellow Submarine, um dos maiores hits dos Beatles, utilizar a metáfora de um capitão maluco.

Em setembro de 2015, o cantor também gravou a música Love Song to the Earth, ao lado de Jon Bon Jovi, Sheryl Crow, Fergie, Colbie Caillat, entre outros artistas. A canção era um manifesto para chamar a atenção do mundo sobre os efeitos das mudanças do clima no planeta.

Além deste tema, o cantor é um ativista pelo vegetarianismo. O britânico faz campanha pela “Segunda Sem Carne”. A ideia é estimular as pessoas a deixarem de consumir frango, peixe, queijo ou ovo, ou seja, proteínas de origem animal, nas segundas-feiras.

Confira abaixo Despite Repeated Warnings:

Fotos: reprodução Facebook Paul McCartney

Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante seis anos. Entre 2007 e 2011, morou na Suíça, de onde colaborou para várias publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Depois de dois anos e meio em Londres, acaba de mudar para os Estados Unidos

Suzana Camargo

Jornalista, já passou por rádio, TV, revista e internet. Foi editora de jornalismo da Rede Globo, em Curitiba, onde trabalhou durante seis anos. Entre 2007 e 2011, morou na Suíça, de onde colaborou para várias publicações brasileiras, entre elas, Exame, Claudia, Elle, Superinteressante e Planeta Sustentável. Desde 2008 , escreve sobre temas como mudanças climáticas, energias renováveis e meio ambiente. Depois de dois anos e meio em Londres, acaba de mudar para os Estados Unidos

Deixe uma resposta